Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Essa é a seção para conversas gerais sobre RPG, que não são sobre um sistema específico, ou se aplicam a vários sistemas.

Moderador: Moderadores

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#1 » 17 Jan 2009, 23:35

Como já comentei em outro ponto no fórum, estou pensando em fazer uma campanha nova de M&M quando voltar de férias.
A idéia é fazer a versão Ultimate do Universo DC. Para quem não acompanha quadrinhos, a Marvel alguns anos atrás percebeu que as décadas de histórias de seus personagens principais criava uma grande bagagem cronológica que tornava difícil para novos leitores acompanharem as revistas. O que a editora tentou fazer então, foi reiniciar as histórias de seus heróis principais numa linha alternativa separada da linha principal.
Todos os heróis começaram de novo suas histórias do zero. Elas se passavam no nosso mundo atual e elas foram alteradas para refletir isso. O Homem de Ferro tem câncer no cérebro em vez de um fragmento de granada ganho na guerra do Vietnã (não tinham feito o retcon para o Afeganistão ainda), o Capitão América usava uma arma, os Vingadores pertecem ao governo, etc.
Eu quero tentar algo assim no Universo DC. Nunca existiram heróis, os personagens vão ser os primeiros a aparecer, junto com alguns outros que vão surgir logo depois. Eu quero trabalhar todo o desenvolvimento disso, como o mundo vai reagir, como os personagens vão agir nessa situação, etc.
Também quero algo mais realista e que altere alguns padrões estabelecidos pelos personagens.

A idéia ainda está se formando. Isso faz com que tenha muitas dúvidas ainda.
Não sei o quão similar ao universo normal da DC eu quero manter as coisas. Também não sei o quanto eu posso alterar e ainda manter "DC".
Uma coisa que eu tenho pensado bastante é a questão de mortes, se mantenho um "nunca matar" ou relaxo um pouco nesse sentido.
Minha idéia inicial é usar a Liga da Justiça, fazendo os personagens se reunirem para enfrentar algum adversário comum e se reunindo a partir daí. Não sei como fazer isso ainda, entretanto.

Queria sugestões de idéias e mecânicas. Na última campanha, mesmo que eu não conseguido usar várias das coisas sugeridas, muitas me inspiraram e ajudaram a desenvolver a campanha. Quem puder me ajudar com qualquer um dos dois, ia ajudar muito.
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#2 » 18 Jan 2009, 01:37

Idéias que foram surgindo na discussão no chat:
Allan: Negro, ex-presidente, um dos melhores da história, criou um legado proporcional aos Kennedy. Teve contato com alienígenas. Lutou na Segunda Guerra com 25, terminou ela com 31. Em 1965, no meio do Movimento dos Direitos Civis dos Afro-americanos, consegue se eleger presidente. Entre esses dois momentos, recebeu a visita dos Guardiões que ofereceram para ele um anel cujo poder só era limitado pela sua vontade. Entretanto, algo que ele viu nesse dia com os Guardiões fez ele desistir do anel, que foi trancado numa base subterrânea em algum lugar do país. Depois dessa situação foi que ele resolveu entrar na política e tentar se tornar presidente. Teve várias ações controversas durante seu governo, mas mantinha seu argumento que o que estava fazendo era pelo bem do país.
Tornado: melhor engenheiro aeronáutico da história.
Pantera: agente especial, ex-soldado, trabalhava em `wetworks` pro governo.


Sociedade da Justiça: grupo especial de soldados utilizado na Segunda Guerra para missões fora da visão do público. Mais tarde alguns vieram a se tornar militares importantes. O grupo continuou a existir ao longo da história, variando os participantes a medida que os mais antigos envelheciam e se afastavam. Nenhum deles tinha poderes, todos eram pessoas comuns.


Não existe UM Coringa. Em momentos diferentes, sempre um de cada vez, alguém surge e passa a se intitular assim. As pessoas que assumem essa identidade não tem ligações claras entre elas ou no máximo algo simples e casual, como terem se visto por alguns instantes em algum momento da vida. A explicação `lógica` criada pelos psicólogos da cidade é que eles surgem porque a população passou a associar o Batman com o Coringa, então é preciso haver um Coringa para continuar a existir um Batman. Então eles enlouquecem e assumem essa identidade para garantir que o Batman sempre continue. Na verdade existem várias explicações, nenhuma delas completamente satisfatória. A idéia do personagem é manter seu fator caótico, incapaz de prever o que vai fazer ou quem vai ser em seguida.


Sandman: O da Sociedade da Justiça no universo normal da DC. Era alguém que devia ter se tornado um Perpétuo, mas nunca se tornou. Isso faz com que ele tenha sonhos proféticos. Isso faz com que ele se torne um `profeta moderno`, mas considerado charlatão pela maioria das pessoas.


Perpétuos: Similar ao Universo DC normal, existem 7 deles. Perpétuos se refere as suas funções e não as pessoas que as executam. A cada 7 gerações 7 pessoas são escolhidas para tomar o poder dos Perpétuos anteriores e substituí-los. Isso porque os poderes os conectam a todas as pessoas do mundo, e as mudanças ocorridas na sociedade a cada nova geração quanto aos conceitos que eles representam, acabam por corroer a mente do grupo com o tempo.
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#3 » 18 Jan 2009, 11:00

já a mulher-maravilha continua perdendo os poderes se for amarrada (bondage!) por um homem?


Nah. Superdickery demais.
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Avatar do usuário
WillDice
Mensagens: 1138

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#4 » 19 Jan 2009, 10:35

Não existe UM Coringa. Em momentos diferentes, sempre um de cada vez, alguém surge e passa a se intitular assim. As pessoas que assumem essa identidade não tem ligações claras entre elas ou no máximo algo simples e casual, como terem se visto por alguns instantes em algum momento da vida. A explicação `lógica` criada pelos psicólogos da cidade é que eles surgem porque a população passou a associar o Batman com o Coringa, então é preciso haver um Coringa para continuar a existir um Batman. Então eles enlouquecem e assumem essa identidade para garantir que o Batman sempre continue. Na verdade existem várias explicações, nenhuma delas completamente satisfatória. A idéia do personagem é manter seu fator caótico, incapaz de prever o que vai fazer ou quem vai ser em seguida.


The Joker is not really human at all.
The Joker is more than one person, both sequentially and simultaneously. The DC Universe is bordering on insane - normal people just can`t cope with alien invasions, gods and demons, superhuman battles on a daily basis - and it needs a safety valve. The Joker exists to bleed off insanity, and is more of a psychic entity than anything else. Everytime he "dies", a new manifestation emerges, either full-blown out of nowhere, or perhaps possessing someone and transforming their body. This explains how he never stays dead for long, his wild variations in sanity, stated origin, methodology, purpose, appearance, motivation, and attitude. This also explains how sometimes, very different versions of him can appear simultaneously in different storylines in a short period of time. Either that, or it`s just Gotham City that`s insane, and the Joker`s how it manifests.
Imagem

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#5 » 19 Jan 2009, 10:57

Tá, essa saiu da onde? Eu sabia que andaram saindo alguns livros sobre o Super e o Batman (tenho que ler, aliás), só não sabia dessa passagem.
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Avatar do usuário
WillDice
Mensagens: 1138

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#6 » 19 Jan 2009, 11:15

kimble escreveu:Tá, essa saiu da onde? Eu sabia que andaram saindo alguns livros sobre o Super e o Batman (tenho que ler, aliás), só não sabia dessa passagem.

Só uma teoria divertida criada por um fã doido.

Devia ter deixado a fonte
Imagem

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#7 » 19 Jan 2009, 23:52

A magia estou pensando em trabalhar similar ao que está sendo usado hoje com alguns personagens da DC (magia tem custos). O problema é como aplicar isso de uma forma diferente. Acho que já que pretendo usar os Perpétuos (ou pelo menos definir a existência deles) poderia tentar unir toda a magia do mundo ao grupo. Toda magia deriva deles e está sujeita as influências do grupo. Isso também significa que qualquer místico seria dependente deles.
Será que eu imponho regras? Será que os Perpétuos definiriam regras sobre como usar a magia? Do tipo `isso pode` e `isso não pode`? E como a existência deles e sua ligação com a magia influenciaria os místicos do mundo?
É de se esperar que a cada mudança nos participantes do grupo, a magia passe por momentos de instabilidade. Será que seria possível definir todas as magias com aspectos individuais dos Perpétuos?
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Avatar do usuário
Lector
Mensagens: 167

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#8 » 20 Jan 2009, 13:32

como o assunto está em pauta e além dos perpétuos a Mulher-Maravilha foi mencionada, se a coisa for realmente por esse lado seria interessante elaborar uma cosmologia coerente que englobe (ou não) as mitologias habituais, além dos elementos místicos do UDC (ou "semi" místicos como Nova Gênese)

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#9 » 20 Jan 2009, 15:49

Tentando juntar várias idéias legais que fui conseguindo, tanto aqui quanto fora:

O que foi quotado na última página continua valendo, exceto pelo que for trocado. Algumas frases podem parecer impessoais (principalmente quando falo `uma boa idéia` mas não cito o autor), mas é que estou reunindo coisas de muitas fontes diferentes. Prometo que vai constar na versão final o nome de todo mundo que contribuiu, não importa o quanto.

Jay Garrick: um dos melhores engenheiros aeronaúticos da história. Lutou ao lado do Pantera e Allan Scott durante a Segunda Guerra. Durante a Guerra Fria e anteriormente ao governo de Allan Scott, Jay se dedicava a engenharia aueronaútica, sendo conhecido na área pela qualidade de seus projetos. Após Allan assumir a presidência, Jay passou a trabalhar para o governo num projeto militar com objetivo de explorar a tecnologia encontrada no anel encontrado por Allan. O projeto visava a aplicação de wormholes como os gerados pelo anel como meio de transporte. Jay chegou a projetar uma aeronave que, teoricamente, poderia utilizar da energia liberda pelos wormholes do anel para se projetar numa velocidade próxima a luz. Ele se aposentou na década de 80 sem nunca ter conseguido colocar o modelo em prática. Foi substituído pelo engenheiro Barry Allen. O projeto não utiliza do anel desde o fim do governo de Allan para as pesquisas. Os profissionais atualmente envolvidos no projeto desconhecem a origem da tecnologia que estão utilizando. O projeto não é conhecido pela população civil.


Anéis dos Lanternas. Os anéis dos Lanternas funcionam transportando energia através de wormholes da bateria central. Os anéis são na verdade construtos tecnológicos, utilizando uma versão antiquada da tecnologia dos `boom tubes` similar a utilizada nas Caixas Maternas (nome a ser trocado) dos (Novos Deuses, só que não vou chamar eles assim e tenho que pensar como vou utilizar deles). Assim como nas Caixas Maternas (nome a ser trocado), a tecnologia permite que a energia seja moldada durante o transporte. Ao contrário das Caixas Maternas (nome a ser trocado), a tecnologia limitada possui falhas, como a incapacidade de barrar um centro espectro de luz ou moldar a energia em qualquer forma cuja cor não esteja dentro do espectro do verde. A bateria central é uma estrela envolta por uma construção metálica com forma similar a lanterna dos Lanternas Verdes no universo DC normal. Ela escoa energia continuamente através dos pontos onde a lanterna normalmente deixaria escapar luz.



Duas Caras: Ainda pensando na história de origem, mas uma idéia que eu gostei muito foi que ele: a) teria todo o corpo deformando num acidente/atentado/o-que-for; b) utilizou de um poço de lazarus (ainda pensando em como usar os poços de lazarus na campanha) para se recuperar, mas só conseguiu recuperar metade do corpo. A metade `sadia` dele foi corrompida pelo poço de lazarus, tendo se tornado o criminoso conhecido como Duas Caras. A parte deformada dele é na verdade a parte mentalmente sadia, pois não foi afetada pelo poço e manteve sua mentalidade de homem da lei. O lado fisicamente sadio é o dominante, mas o lado deformado ocasionalmente consegue atrapalhar os planos de sua `cara metade` através de atos pequenos que passam despercebidos pela personalidade dominante (como deixar cair no chão de um local assaltado o número do galpão onde estão se escondendo). Internamente, Duas Caras são duas personalidades em constante conflito, com um homem bom preso dentro da mente de um criminoso psicopata, sendo obrigado a presenciar os atos de seu alterego.
Estou considerando deixar essa divisão como algo mais questionável. O lado `bom` de Dent afirma que sua personalidade foi dividida pelo poço e sua parte mentalmente doente nasceu dessa experiência, só que eu poderia colocar ganchos que indicariam que, talvez, o lado bom é que foi criado pelo poço. Isso poderia ser feito com a dificuldade do lado `correto` da personalidade dele em se lembrar de detalhes específicos quanto a sua vida anteriormente ao poço de lázarus. Nunca fica realmente claro qual dos dois foi criado pela experiência e qual deles é o `Harvey Dent real`.


Circo Haley: Lar dos Voadores Grayson, serve também de lar para alguns párias da sociedade. O último circo que ainda segue o modelo antigo dos circos, empregando seres humanos com deficiências e deformações que teriam dificuldades em realizar profissões comuns, mas que conseguem realizar `espetáculos` devido as suas características especiais. Provavelmente vou colocar o Killer Croc aqui, só que como alguém normal com um problema de pele e excesso de desenvolvimento muscular. Também tem como encaixar uma série de personagens incomuns. Se algum jogador quiser jogar com o Batman e um dia pensar em treinar um Robin, já tenho daonde tirar ele.


Asa Noturna: várias pessoas sugeriram que ele começasse já mais velho, direto como Asa sem nunca ter sido Robin. Com tanta gente tendo a mesma idéia, estou quase adotando. Quero só ver se nenhum jogador vai querer usar ele como PC.


Ra`s al Ghul: um conceito muito bom que sugeriram foi dele como organização e não como pessoa. Estou considerando isso. A sugestão ainda entrava na questão dele poder ser um culto. Ra´s al Ghul tem algum significado real? Porque uma religião que utiliza de poços de lázaro (ainda trabalhando em como utilizar isso) para ressuscitar alguns membros importantes e que prega (insira plano maquiavélico que envolve planejamento de centenas de anos e uma moralidade deturpada) poderia ser bem interessante.


Uma idéia boa que surgiu foi usar o Espantalho como gênio na psicologia, que trabalha no Arkham que faz pesquisas com os detentos. Até aqui estamos similares ao filme. A idéia que se desenvolveu depois foi utilizar o Espantalho como um tipo de `justiceiro com valores morais mais baixos`. Lembra da idéia do Coringa como `tentativa da sociedade em manter o Batman na ativa`? A teoria seria dele. Ele começa a aplicar suas experiências para caçar o Batman e outras pessoas que ele considera perigosas para a sociedade. O problema é que ele é amoral. Suas ações levam a morte de pessoas que ele julga, poderiam se tornar os próximos Coringas. Na sua mente, ele precisa continuar fazendo isso até conseguir eliminar o Batman, a real causa do problema.
Uma forma de justificar essa atitude poderia ser o Batman ter falhado em proteger alguma coisa com o que o Espantalho se importava. Talvez um dos Coringas tenha matado sua família e deixado para trás uma mensagem para o doutor, que relembre uma sessão de terapia que ele teve com um paciente `Coringa` anterior.


Hugo Strange: desafeto do Espantalho, também psicólogo famoso que trabalha no Arkham. Após o surgimento do Batman, será atacado por um dos inimigos do Batman (provavelmente Espantalhos) e será salvo pelo herói. O que ele passa nas mãos desse vilão, entretanto, faz com que ele sofra uma crise grave, se tornando catatônico por meses. Quando retorna recuperado ao Arkham, começa a demonstrar uma grande fixação pelo homem-morcego.


Guardiões (superiores dos Lanternas Verdes): Ainda considerando a forma física deles. Uma idéia que gostei é usar eles como uma ONU interplanetária. Os Guardiões seriam o "Conselho de Segurança", decidindo o que é melhor para o Universo. A necessidade de lidar com tantas sociedades diferentes e, portanto, valores morais conflitantes, faz com que tomem todas as decisões com base na sua legislação que ignora as características particulares de cada espécie. A sua legislação tem como objetivo principal garantir a paz no universo, incluindo a possibilidade de extinção de raças belicosas que possam ser ameaças reais ou potenciais aos outros planetas. (Ainda trabalhando nisso, queria algo um pouco mais sinistro e burocrático)


Magia: Toda magia se origina dos Perpétuos (ver quotes anteriores). Todo místico do mundo, de alguma forma, precisa estar ligado aos Perpétuos. Em algumas culturas um ou mais deles foram adorados como deuses, sendo que a magia de cada cultura se baseou através do conhecimento que conseguiam extrair de cada um (Morte influenciou muito os Egípcios, por exemplo). Mesmo seres naturalmente místicos (anjos, demônios, etc.) possuem alguma ligação com eles.


As idéias não estão fechadas. Isso foi só o que achei mais interessante pro que eu pretendo fazer, não significa que não posso voltar atrás e acabar pegando alguma idéia que ainda não usei. Se eu não usei alguma idéia não significa que não gostei, significa que, agora, eu acho que não poderia usar ela ou não seria ideal para o que estou pensando.
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Avatar do usuário
Tabris
Mensagens: 381
Contato:

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#10 » 20 Jan 2009, 18:57

Uma sugestão. Leia Supreme Power (os 2 primeiros volumes, o terceiro eu n gostei). Pq sendo o Esquadrão Supremo basicamente uma Liga da Justiça da Marvel, vc vai tirar umas idéias legais.
Imagem
Imagem

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#11 » 21 Jan 2009, 00:24

Existência de Kripton = opinião de algum jogador que queira jogar com o Super.
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Avatar do usuário
Lumine Miyavi
Mensagens: 6366
Contato:

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#12 » 21 Jan 2009, 12:42

Cara, a idéia do Madruga é boa. EXCELENTE. Mas criaria um loop temporal estável, droogs... exatamente como na história.

Ah, "Kal-L".
ImagemImagemImagem
Let's Play de FF8! \o\ Adaptações do Lumine! [d20!]
Cidadeando o Tarrasque!
Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Lumine, Mega Man X
[lumine]Nível de fabulosice[/lumine]: >[lumine]8000[/lumine]
Não, suas opiniões não estão certas. Não são as minhas. ♥

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#13 » 21 Jan 2009, 16:05

[spoilerbox]Resumindo Red Son. Aconselho a qualquer que pretenda ler a história que não leia o spoiler. O que ele revela é a melhor parte da história. Kal-el cai na Rússia (durante a Guerra Fria) em vez dos Estados Unidos. Isso faz ele crescer com valores diferentes e mais ditatoriais. Ele acaba dominando quase todo o mundo, com objetivo de tornar a vida das pessoas melhor.
Durante toda a história é constantemente relembrado que ele é um alienígena e Lex Luthor, um humano comum, se esforça para derrotar ele e livrar o mundo de sua influência alienígena. Ele acaba conseguindo 'eliminar' o Super-Homem no fim da série e então guia o mundo para uma Era de Maravilhas. Centenas de anos se passam, a família Luthor forma uma dinastia que atravessa as eras e continua guiando a humanidade até o seu fim. A história chega a citar o nome de alguns deles, que eu lembre. O sobrenome Luthor sofre modificações ao longo do tempo, até ser reduzido a somente um "L".
O fim da humanidade acontece quando o Sol entra em nova (ou seja lá o que for que estrelas fazem quando vão se expandir, encolher e então morrer). Antes disso, os últimos descendentes de Luthor mandam de volta no tempo o filho deles. Kal-L.
Ou seja, Kal-El não era um alienígena, mas o último membro da dinastia Luthor e último terráqueo vivo de seu tempo, vindo de centenas (ou milhares) de anos no futuro.[/spoilerbox]
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Avatar do usuário
juma
Mensagens: 1216
Contato:

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#14 » 21 Jan 2009, 16:15

Sabe, depois de ler esse spoiler, acho que essa é a única história do Superhomem que eu senti vontade de ler.

Avatar do usuário
kimble
Mensagens: 1255

Ultimate DC: "Ultimatizando" o Universo DC

Mensagem#15 » 21 Jan 2009, 16:50

Tenta Quatro Estações. Eu acho melhor. Não tem nenhuma grande trama no meio, mas é meio Superman: Ano Um.
Material que disponibilizei no 4shared (tudo criação minha e/ou gratuito) pros jogadores das minhas campanhas. Inclui house rules e erratas do Exalted:
[Link]http://www.4shared.com/dir/10183502/4d808442/sharing.html[/Link]

Voltar para “Dicas & Ideias”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes