[D&D Next]: Artigos, colunas, matérias..

Venha trocar idéias sobre o sistema de RPG mais conhecido e jogado do mundo! Assim como os outros sistemas que usam a licença aberta D20 / OGL.

Moderador: Moderadores

Avatar do usuário
CaioRughar
Mensagens: 188

[D&D Next]: Artigos, colunas, matérias..

Mensagem#1 » 01 Mai 2012, 01:27

Está chegando a hora de provar-mos o gostinho de mais uma reencarnação do D&D.

Já há na internet dezenas de textos a respeito, além dos vindos da editora oficial, aWizards. Minha idéia aqui é organizar o papo e nos preparar para o que vêm por aí.

Bons jogos e Até mais,
Última edição por CaioRughar em 01 Mai 2012, 01:42, editado 1 vez no total.

Avatar do usuário
CaioRughar
Mensagens: 188

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#2 » 01 Mai 2012, 01:41

E para começar vamos a mais nova matéria "oficial" vinda da Wizards.
Na verdade novidades de como será o PlayTest dia 24 de maio e um pouco mais sobre a Classe mais procurada pleos jogadores (Será?): O Guerreiro.

Coluna Legends and Lore de Mike Mearls, publicada segunda feira, dia 30 de Abril de 2012: Fighter Design Goals - http://www.wizards.com/dnd/Article.aspx ... l/20120430

A idéia é apresentar as regras básicas para algumas das raças e classes disponíveis como Humanos, Anões, Elfos e Halflings distribuídos entre Guerreiros, ladrões, clérigos e ladinos. Com a evolução sendo apresentada de forma gradual, do primeiro ao décimo nível, estarão a disposição dos jogadores diversos personagens prontos, no estilo dos apresentados historicamente em eventos aqui e lá fora

O sistema será apresentado pelo que parece através de uma série de aventuras que serão ministradas de forma gradual a fim de que várias possibilidades do sistema a ser testado sejam aplicadas e analisadas tanto pelos jogadores como pelos mestres e pela equipe de desenvolvimento da Wizards

O que a maioria dos velhos mestres previa, parece estar acontecendo. O caminho a ser traçado apresenta aparentemente respeito as opiniões dos jogadores e muitas de suas considerações, que surgirem ao longo dos testes, parece que serão levados em conta nas mudanças em prol de uma constante evolução das regras

No geral, o texto parece deixar ainda mais claro que o guerreiro é a classe mais favorecida pelo uso de armas, como o senso comum ao longo dos anos parece ter demonstrado. Os magos claro serão poderosos quando sobem de nível. Mas até aí as coisas parecem naturais aos mais veteranos jogadores.

O grande barato para todos nós deverão ser as regras opcionais a serem utilizadas quando o grupo ou o mestre achar necessário e se achar que esta é a pegada do grupo. Ao menos a promessa parece ser a de se manter o equilíbrio como todos esperam.

Até mais,

Avatar do usuário
Raconn
Mensagens: 198

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#3 » 01 Mai 2012, 01:59

Boa Caio. Trazendo para cá o papo então.

Interessante perceber no texto como o guerreiro terá jogadas de proteção e defesa mais trabalhadas e o uso do escudo, um dos grandes pontos de sempre discussão dos jogadores terá pelo que parece, suas regras especiais bem definidas e equilibradas.

O guerreiro a meu ver deve sim ser O CARA com armas em geral e manobras de combate. É precisa haver alguma diferença clara entre todas as classes até para que isto ajude bem ao jogador a tomar suas decisões. Quem nasce para Guerreiro, guerreiro deve o ser ora. :hum:
Mas os magos e sacerdotes, acreditem, terão suas mega forças "equilibradas" ao nível do grupo.
Mas individualmente, com o passar dos níveis, deverão ser aqueles caras especiais...

Acho super natural esta disparidade entre classes com o passar de níveis. E eu curto os guerreiros.

Avatar do usuário
Yoda
Mensagens: 532

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#4 » 01 Mai 2012, 02:15

O Guerreiro nunca será superado. A Força estará sempre conosco.

:laugh:

Avatar do usuário
Hibernando
Mensagens: 201

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#5 » 01 Mai 2012, 03:36

Para cada classe haverá uma gama de textos loucas opara surtir este efeito de paixão ou ódio entre os fãs.
Cada um curtindo a sua tribo.
Acho o guerreiro o mais legal porque é o que inspira os grandes combates que vemos no cinema, jogos eletrônicos e tal.

Avatar do usuário
Pedroplanes
Mensagens: 144
Contato:

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#6 » 01 Mai 2012, 13:52

Os guerreiros serão sempre a fonte de inspiração para grande parte dos jogadores mundo afora. Logo deverá surgir um "complete" voltado somente para eles com o selo do D&D Next, que já deve aparecer neste dia de maio. E com ele a enxurrada de novos lançamentos.

O que eu quero ver é como a Wizards irá ligar estes produtos com uma linha eletrônica, porque tenho a impressaõ de que ali mora a grana.
Talvez um cenário, ou a reedição de um clássico... Teremos mais livros de FR? Mais um encarnação da obra de Ed?

As classes serão estes estereótipos clássicos das mesas? Seria até bom se não mudar demais os conceitos pelos quais os jogadores veteranos estão acostumados a jogar. Como eu disse desde o início estou bastante empolgado com este lançamento.
Andando e rolando dados.
http://blogdoandarilho.blog.uol.com.br/

Avatar do usuário
Leprechau
Mensagens: 151

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#7 » 01 Mai 2012, 14:10

É.
Primeiro os magos arcanistas fodões nos altos níveis. Depois aquele papo do sacerdote ter suas magias lançadas via as entidades e agora o guerreiro super mestre de armas. A volta as origens com pitadas de século XXI. Tá legal isso aí.

Avatar do usuário
Bozo
Mensagens: 302

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#8 » 01 Mai 2012, 15:04

Eu vejo o artigo e a evolução de forma normal ora.
Guerreiros são sim os senhores supremos de armas. Agora quero ver se vai continuar aqueles combos de compra bombados.

Avatar do usuário
Erick-Ruivo
Mensagens: 145

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#9 » 01 Mai 2012, 18:20

Normal e esperado evidente.
No fundo temos que aguardar o playtest porque até lá é só bláblá.

Avatar do usuário
FoxMountain
Mensagens: 259

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#10 » 02 Mai 2012, 02:07

Não como negar que há esforços em curso aí. E pelo que vemos no fórum oficial e nos blogs gringos têm mesmo uma pensa de fãs de olho na coisa.
Os pingos sobre o guerreiro são para acalmar e aplacar a angústia dos nerds e geeks que como nós querem saber mais e mais sobre o que está por vir. Estas fichas que parece que serão dadas no evento de playtest já trarão bastante coisa no estilo das fichas usadas em eventos por aqui na década de 90 (aquelas fichas clássicas do Dragon Quest)

Quero ver mesmo é o quanto de amarrado as coisas estarão e o quanto de "liberdade" estarão dando para quem optar por pequenas alterações nas regras.
:haha:

Avatar do usuário
Hibernando
Mensagens: 201

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#11 » 02 Mai 2012, 14:51

E ver como cada jogador se sairá com estas 4 classes possíveis no PT.
:laugh:

Avatar do usuário
Advogado de Regras
Mensagens: 2235

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#12 » 02 Mai 2012, 17:10

O guerreiro a meu ver deve sim ser O CARA com armas em geral e manobras de combate. É precisa haver alguma diferença clara entre todas as classes até para que isto ajude bem ao jogador a tomar suas decisões. Quem nasce para Guerreiro, guerreiro deve o ser ora.
Mas os magos e sacerdotes, acreditem, terão suas mega forças "equilibradas" ao nível do grupo.
Mas individualmente, com o passar dos níveis, deverão ser aqueles caras especiais...

Acho super natural esta disparidade entre classes com o passar de níveis. E eu curto os guerreiros.


Eu acho essa linha de pensamento incrivelmente limitado.

A começar que essas disparidades não são "naturais", são frutos de anos de erros quanto a representação mecânica das classes (Basta ver qualquer descrição das classes) - que foram resolvidos na 4e. Mas por algum motivo que eu não compreendo, todo suposto Old School paga "lip service" para personagens como Aragorn, Conan e Hércules - mas na hora de jogar com eles, são colocadas tantas traves espúrias neles que você acaba jogando com um My Little Pony. E nos Conjuradores, que qualquer um que leu um dos Ciclos Arturianos ou Senhor dos Anés sabe das diversas limitações que eles tinham (Gandalf não podia "liderar" e "governar", tinha que inspirar os Povos Livres a agir e sua defesa - Merlin era basicamente um Encantador), as "travas" são todas liberados e você joga com um Deus.
"Powergaming: Por que você não pode interpretar se está morto" por Morrowner Fórum da WotC.

"The fear of munchkins, I have found, is a much greater threat to game integrity than actual munchkins." por Black Hat Matt, freelancer da White Wolf.

Avatar do usuário
Lumine Miyavi
Mensagens: 6366
Contato:

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#13 » 02 Mai 2012, 17:23

O guerreiro a meu ver deve sim ser O CARA com armas em geral e manobras de combate. É precisa haver alguma diferença clara entre todas as classes até para que isto ajude bem ao jogador a tomar suas decisões. Quem nasce para Guerreiro, guerreiro deve o ser ora.
Mas os magos e sacerdotes, acreditem, terão suas mega forças "equilibradas" ao nível do grupo.
Mas individualmente, com o passar dos níveis, deverão ser aqueles caras especiais...

Acho super natural esta disparidade entre classes com o passar de níveis. E eu curto os guerreiros.

"Escola Velha" não é isso que você defende. Isso é um frankenstein do que você acha que é.

Nas edições anteriores a 3ª edição, conjuradores eram mais limitados que classes mundanas. Em troca de algum poder, tinham que escalar uma íngreme e sinceramente díspar montanha de experiência. Se isso aconteceu em uma de quatro edições, o erro é dessa edição. Em 1e, 2e e 4e isso sequer existe.
ImagemImagemImagem
Let's Play de FF8! \o\ Adaptações do Lumine! [d20!]
Cidadeando o Tarrasque!
Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Lumine, Mega Man X
[lumine]Nível de fabulosice[/lumine]: >[lumine]8000[/lumine]
Não, suas opiniões não estão certas. Não são as minhas. ♥

Avatar do usuário
Bozo
Mensagens: 302

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#14 » 02 Mai 2012, 17:57

A começar que essas disparidades não são "naturais", são frutos de anos de erros quanto a representação mecânica das classes


Mas Elven há como não haver "anos de erros?". O que seria um acerto definitivo?
Acho muito difícil este nível de interpretação quando se fica a mercê talvez as representações feitas pleos jogadores em cima daquilo que parece dar certo para eles quanto a regras. Entende?
Como definir o que está certo ou errado com esta precisão?

Avatar do usuário
Lumine Miyavi
Mensagens: 6366
Contato:

Re: D&D Next: Artigos, colunas, matérias...

Mensagem#15 » 02 Mai 2012, 18:01

Bozo escreveu:
A começar que essas disparidades não são "naturais", são frutos de anos de erros quanto a representação mecânica das classes


Mas Elven há como não haver "anos de erros?". O que seria um acerto definitivo?
Acho muito difícil este nível de interpretação quando se fica a mercê talvez as representações feitas pleos jogadores em cima daquilo que parece dar certo para eles quanto a regras. Entende?
Como definir o que está certo ou errado com esta precisão?

Um bom medidor do que é errado ou não? O fato do erro ter sido feito uma vez, e não repetido. Se na 1ª, 2ª, e 4ª edições não é assim, porque a 3ª, que é a única "do contra" é lembrada por isso?
ImagemImagemImagem
Let's Play de FF8! \o\ Adaptações do Lumine! [d20!]
Cidadeando o Tarrasque!
Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Lumine, Mega Man X
[lumine]Nível de fabulosice[/lumine]: >[lumine]8000[/lumine]
Não, suas opiniões não estão certas. Não são as minhas. ♥

Voltar para “Dungeons & Dragons”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes