Fight From The Inside - Dia 2

Tales from the Sails. Need I tell you more, you sea weasel?

Moderadores: ronassic, Stephan, Feral, Holygriever, Moderadores

Avatar do usuário
Stephan
Mestre de PBF
Mestre de PBF
Mensagens: 237
Contato:

Fight From The Inside - Dia 2

Mensagem#1 » 08 Ago 2013, 12:10

Era o início da segunda noite do Clube. Alber estava na sala ainda antes de Meia-Noite chegar. Tomme chegou mais atrasado, e acabou trazendo junto com ele Brenten. O outro marujo parecia empolgadíssimo com a possibilidade de lutar com as mãos -- na verdade, mais do que os outros.

Meia-Noite (a hora) chegou.
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

- Confúcio

Avatar do usuário
Holygriever
Mensagens: 233

Fight From The Inside - Dia 2

Mensagem#2 » 08 Ago 2013, 12:14

Meia-Noite sorri ao ver Alber já no local da reunião. Trazendo as toalhas e a bacia d'água, ele apronta o local como fizera na reunião anterior, e aguarda a chegada dos demais. Havia passado um bilhete à Leon na biblioteca informando da data da segunda reunião, já que este havia saído correndo ao final da primeira. "Regra número 1."

Ao ver Tomme chegar atrasado e com um animado Brenten ao calcanhar, Meia-Noite franze o cenho, mas sem perder o sorriso ou bom humor. Braços cruzados e olhando fixamente para Tomme, sem proferir palavra, ele meneia a cabeça na direção de Brenten e arqueia as grossas sobrancelhas, aguardando que o imediato se explique.
"Você tem medo do Escuro? Pois deveria."

Meu amor, o meu chão, onde deixei a paixão...
Não me importo, vou voar, o céu você não vai levar...

Leve-me à escuridão, diga que não me verão...
Queime a terra, ferva o mar, o céu você não vai levar...

Serenity a viajar, não há lugar melhor que o lar...
O céu você não vai levar...

Avatar do usuário
Stephan
Mestre de PBF
Mestre de PBF
Mensagens: 237
Contato:

Fight From The Inside - Dia 2

Mensagem#3 » 08 Ago 2013, 12:23

[Tomme] Ei, tente você disfarçar as dores de manejar o leme e as amarras pra capitã. O peixeiro aqui salvou a minha -- as nossas bundas. Aguentei o quanto pude.

Dando de ombros, o Imediato vai tirando a camisa e os sapatos. Brenten observa e vai fazendo o mesmo. Pelo que era possível de entender, a capitã ficou curiosa sobre as dores de Tomme, e Brenten é quem cobriu por ele -- inventando alguma mentira. Mas o Imediato não resistiu às constantes perguntas do pescador, e acabou soltando a língua.
"O homem de bem exige tudo de si próprio; o homem medíocre espera tudo dos outros."

- Confúcio

Avatar do usuário
Rodwolf
Mensagens: 180

Fight From The Inside - Dia 2

Mensagem#4 » 09 Ago 2013, 20:28

Finalmente, depois de um dia sem nada demais, chegara meia-noite (a hora)

Evans se dirige até ao galpão, conforme cumprimenta os companheiros. Já estava descalço, tira, dobra a camisa batida e sem mangas e a coloca em cima de um dos barris. Empolgado se junta aos outros.


[Evans] Boa noite, senhores.
"I'm a Priest, not a Saint."

Avatar do usuário
Holygriever
Mensagens: 233

Fight From The Inside - Dia 2

Mensagem#5 » 11 Ago 2013, 14:28

[Tomme] Ei, tente você disfarçar as dores de manejar o leme e as amarras pra capitã. O peixeiro aqui salvou a minha -- as nossas bundas. Aguentei o quanto pude.

[Meia-Noite] - Hahahahahaha! Relaxa, Imediato. Só de você saber que não era pra fazer isso já assegura pro Meia-Noite que você não esqueceu as regras.

Ele se volta ao recém-chegado.

[Meia-Noite] - Seja bem vindo ao Clube da Porrada, Brenten. Não sei o que o Tomme te falou, então vou repetir o que foi dito a eles todos.

Ele coloca as mãos pra trás e assume uma posição didática, como a de um professor explicando a matéria aos seus alunos.

[Meia-Noite] - O Meia-Noite aprendeu sobre o Clube da Porrada a alguns anos, e resolveu começar um no Licorne porque tinha gente interessada. O Clube da Porrada te dá a oportunidade de aprender a dar porrada do melhor jeito: dando porrada. As oito regras do Clube da Porrada são:

1. Você não comenta sobre o Clube da Porrada;
2. Você não comenta sobre o Clube da Porrada;
3. Quando alguém gritar "pára!", sinalizar ou desmaiar, a luta acaba;
4. Somente duas pessoas por luta;
5. Uma luta de cada vez;
6. Sem camisa, sem sapatos;
7. As lutas duram o tempo que for necessário;
8. Se for a sua primeira noite no Clube da Porrada, você tem que lutar. Se algum dos outros aí se voluntariar pra iniciar o nosso amigo peixeiro aí, já vai se preparando.
-. Ah, é. Não é uma regra, mas recomendo pra você assim como pra eles que evitem bater na cara, pra não ter que ficar respondendo perguntas depois.



[Meia-Noite] - A gente tá fazendo as reuniões do Clube da Porrada no local mais isolado do navio porque não quer que a Capitã saiba. O Clube da Porrada é um negócio rude, bruto. A gente toma os devidos cuidados pra não se machucar, mas você ainda vai ficar com roxos e dores no corpo, e mesmo com os cuidados, ainda tem o risco de você torcer um pulso, dar um passo em falso e machucar o pé. Se a Capitã descobrir o Clube da Porrada, duvido muito que ela ache isso um risco aceitável pra tripulação dela. Meia-Noite não acha que ela ia gostar de saber que os marinheiros dela estão dando porrada uns nos outros, mesmo que amigavelmente.

Meia-Noite respira fundo, olhos fechados, e continua.

[Meia-Noite] - Por que a gente faz isso, então? Porque o Clube da Porrada vai ensinar vocês a brigar, e é um jeito de se manter ativo e com a cabeça sã no meio desse mar, ou no meio de qualquer rotina. Dar porrada e levar porrada é um jeito de se sentir VIVO. Se não tiver a fim disso, ou não quiser participar de algo ?pelas costas da Capitã?, não tem problema nenhum. Só peço que não dedure o resto. Não atraia atenção pra gente. Regra número um.

Ele estende a mão à Brenten.

[Meia-Noite] - E então, Brenten? Tá com a gente? Podemos começar a reunião dessa noite colocando a Regra 8 pra valer?


O negrão olha em volta, esperando o voluntário (ou voluntária).
Última edição por Holygriever em 11 Ago 2013, 16:10, editado 1 vez no total.
"Você tem medo do Escuro? Pois deveria."

Meu amor, o meu chão, onde deixei a paixão...
Não me importo, vou voar, o céu você não vai levar...

Leve-me à escuridão, diga que não me verão...
Queime a terra, ferva o mar, o céu você não vai levar...

Serenity a viajar, não há lugar melhor que o lar...
O céu você não vai levar...

Avatar do usuário
Feral
Mensagens: 140

Fight From The Inside - Dia 2

Mensagem#6 » 15 Ago 2013, 22:12

[Kyjal] - "Cavalheiros?"

Kyjal chega poucos minutos depois de Meia-Noite, já vendo boa parte dos membros do Clube em seus lugares. Cumprimenta os companheiros de treino com um meneio de cabeça e se dirige a um canto para se desfazer de seu disfarce.

Enquanto Meia-Noite repassa as regras, Kyjal remove o excesso de roupa e se mantém novamente apenas com a calça e faixas. Vai se alongando em seu lugar, aguardando o fim das instruções.

Ao término das explicações, ao notar que os olhos do grandalhão buscam um voluntário para a luta, a felina dá um passo à frente. Posiciona-se diante do novato, cumprimenta-o com um aceno de cabeça, arrasta seu pé direito para trás e assume sua instância neutra, apenas aguardando a confirmação do desafio.

Começara mais uma noite de lutas. Que fosse ainda mais proveitosa e divertida que a anterior.

Voltar para “Worn Sails, Old Tales”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante