[BLOG] Rastro de Cthulhu (Trail of Cthulhu)

Aqui serão postadas as entradas do Blog e podemos criar discussões sobre elas.

Moderador: Moderadores

Avatar do usuário
ronassic
Administrador
Mensagens: 1776
Contato:

[BLOG] Rastro de Cthulhu (Trail of Cthulhu)

Mensagem#1 » 09 Set 2014, 09:57

This is a blog post. To read the original post, please click here »

ImagemO RPG Rastro de Cthulhu, publicado no Brasil pela RetroPunk (e originalmente pela Pelgrane Press), é um RPG de horror investigativo baseado nos contos de H. P. Lovrecraft e na mitologia criada por ele. Ele é um "RPG-irmão" de seu primo, Call of Cthulhu (Chamado de Cthulhu) da Chaosium, um RPG de horror de grande sucesso e que este ano está saindo no Brasil em português pela Terra Incógnita, graças a uma campanha de financiamento coletivo.

Call of Cthulhu possui três eras de jogo distintas nas quais os jogadores podem jogar:

O final do século 19, os anos 20 do século XX, e o tempo presente. Já Rastro de Cthulhu usa como cenário os anos 30. Rastro de Cthulhu utiliza o Sistema Gumshoe, um sistema de RPG investigativo que utiliza apenas um lance de 1d6 e foca mais na história e decisão dos personagens do que nas regras em si. Vou colar abaixo a descrição do sistema, retirada da própria descrição do jogo, presente na versão nacional do livro básico de Rastro de Cthulhu:

Sistema GUMSHOE

GUMSHOE é o sistema de jogo que gira em torno de uma coleção de RPG’s de mistério, investigação e horror. É um instrumento de precisão, feito para contar histórias através da interpretação, dando aos jogadores um alto grau de controle sobre os momentos quando os seus personagens têm êxito. Em parte, ele faz isso removendo o elemento aleatório em cenários investigativos e substituindo-os com o elemento essencial de toda boa jogabilidade: as tomadas de decisões.

Em um cenário GUMSHOE, a questão não é se você consegue achar as pistas em algum evento aleatório equivalente a uma caçada por pixels. Ao invés disso, ele dá aos seus personagens – já presumindo que eles são investigadores capazes – a certeza de que vão achar as pistas que precisam. A questão é se você pode unir as pistas a tempo de resolver o dramático, e muitas vezes terrível, mistério que seus personagens enfrentam.

Quer você esteja procurando por um jogo focado em audaciosos detetives investigando locais obscuros procurando pela verdade atrás de crimes ocultos, quer você queira recriar o tórrido desespero do horror da sobrevivência, no qual pessoas comuns enfrentam o horror extraordinário, ali estará um cenário GUMSHOE para criar a perfeita experiência.

Rastro de Cthulhu

Na tradição do RPG clássico, “Chamado de Cthulhu”, vem à adaptação do autor favorito dos fãs, Kenneth Hite, para o sistema GUMSHOE: Rastro de Cthulhu. Se você está lendo isso, você tem alguma ideia do que é esse jogo, ou terá em breve. Provavelmente Já conheça os contos sobre os Mythos de Cthulhu escritos por H.P. Lovecraft para entender que os perigos de seguir o Rastro de Cthulhu são a loucura e a morte. E que é a coragem altruísta dos investigadores que ousam encarar as verdades existenciais do cosmos que os tornam heróis.

O que você ainda pode não saber é o que torna Rastro de Cthulhu único, além de simplesmente novos tipos de regras e uma mudança na época de jogo de tempo de dez anos até 1930. Além das regras investigativas especialmente feitas comuns a todos os jogos GUMSHOE, esse jogo contém novos meios de se humanizar os personagens investigadores, com motivos e personalidades detalhados. Em termos de jogo, são as suas “Motivações”, “Pilares de Sanidade” e “Fontes de Estabilidade”. Rastro de Cthulhu também suporta dois tipos de jogos distintos, para que você possa enfrentar o horror Lovecraftiano da exata maneira que você quiser.

No modo de jogo “Purista”, os investigadores são almas frágeis cuja sanidade é finita e está sempre em perigo de ser reduzida a nada pelas verdades cósmicas nas quais estão expostos. Você também pode jogar Rastro de Cthulhu no estilo “Pulp”, trocando socos com membros de cultos sinistros e esvaziando sua Tommy em cima de criaturas mitológicas. Cada estilo de jogo é uma simples questão de grau, então aprenda o conjunto de regras simples e você estará pronto para jogar qualquer um deles.

O texto acima foi retirado da descrição do jogo, mas resume bem o que é o RPG. Rastro de Cthulhu é sobre investigadores e sobre horror. É sobre pessoas comuns enfrentando o desconhecido sem muito preparo para isso (é o tipo de aventura estilo Os Caçadores Caçados, de Vampiro - A Máscara, para aqueles que estão mais acostumados com o Mundo das Trevas Clássico).

Os personagens podem ser repórteres investigativos, médicos, antropólogos, arqueólogos, cientistas, escritores, detetives, etc. O Sistema GUMSHOE não separa as características dos personagens em Atributos e Perícias, por exemplo (ou coisas do tipo como a maioria dos sistemas de RPG mais conhecidos).

Ao invés disso os jogadores possuem HABILIDADES, que são divididas em Habilidades Investigativas (ex.: História, Barganha, Antropologia, Arquitetura, etc) e Habilidades Gerais (Ex.: Ocultação, Furtividade, Punga, Briga, Armas Brancas, Armas de Fogo, Fuga, Estabilidade, etc.). As Habilidades Investigativas estão ligadas ao intelecto e conhecimento do personagem, enquanto as Habilidades Gerais estão mais ligadas ao físico, agilidade e treinamento marcial (que o personagem teve ou não). Em Rastro de Cthulhu, assim como em Call of Cthulhu, o Mestre de Jogo é chamado de "Guardião" (na verdade é só uma nomeclatura, eu prefiro ainda chamar de Mestre em qualquer RPG).

O combate não é o foco de Rastro de Cthulhu. A investigação e a história o são. Sherlock Holmes e o Dr. Watson carregam pistolas, mas dificilmente a disparam em todas as suas histórias. O jogo permite aos jogadores jogarem em dois estilos de jogo: Purista e Pulp, como já foi dito.

Jogos Puristas: jogos puristas são baseados nas histórias de horror de H.P. Lovecraft. Os jogadores são investigadores comuns, que testam sua sanidade e podem ficar loucos quando enfrentam ameaças além da compreensão humana. Pelas regras do sistema purista os personagens NÃO GANHAM EXPERIÊNCIA, eles não evoluem ao longo do jogo. Isso é porque o autor achou que num estilo purista o que o personagem aprende ao longo da história não é relevante para refletir melhorias nas regras de jogo e na ficha do personagem. Eventualmente alguns personagens do grupo irão morrer claro, é uma constante e um "clássico" das histórias de terror.

Jogos "Pulp": Jogos "Pulp" são mais focados na aventura, e os investigadores fazem mais o estereótipo de “aventureiros”. Os personagens tem contato com o sobrenatural e coisas que não compreendem, podem ainda ficar insanos, porém eles também enfrentam essas forças que ameaçam o mundo, trocam socos e chutes com os vilões e participam de tiroteios. São aventuras no estilo "Indiana Jones" e "A Múmia".

Um exemplo que reflete isso nas regras é a Habilidade Geral "Armas de Fogo". Se o personagem tem um valor 5 ou mais no estilo Pulp, ele pode disparar usando duas armas ao mesmo tempo. No estilo purista as regras não refletem isso. Outro reflexo das regras no estilo "Pulp" é a evolução dos personagens. Nos jogos "Pulp" os personagens ganham pontos de experiência e evoluem, podendo aumentar suas habilidades investigativas e gerais e até ter treinamento em novas habilidades.

A versão nacional possui 248 páginas, com ilustrações e imagens em “cor de sépia” (daquelas que imitam fotos antigas). Praticamente em tonalidades de amarelo, dourado, bege e preto. A primeira tiragem recebeu uma versão de luxo, com capa dura e papel especial. Muito boa a qualidade! Infelizmente paree que as tiragens posteriores optaram por capa mole, um papel de qualidade inferior e preto e branco. Não tive acesso ao livro das tiragens posteriores mas quem encontrar algum exemplar de capa dura e papel especial, “colorido” compre! É um material de EXCELENTE QUALIDADE!!!

O jogo utiliza apenas dados de 6 lados (d6), e as jogadas se resumem à apenas UM LANCE de dado, adicionando bônus ou penalidades. E mesmo assim os testes são feitos apenas para o uso de Habilidades Gerais (aquelas mais voltadas a testes físicos). E mesmo assim nem sempre. Mesmo no caso das Habilidades Gerais, o Guardião poderá pedir por testes somente em momentos dramáticos da história, e em tarefas de dificuldade excepcional. A maioria das utilizações das Habilidades Gerais deveria permitir sucessos automáticos, com a possibilidade de bonificações com o gasto de pontos, como as Habilidades Investigativas. (parte do texto retirado do livro básico)

Quando se faz necessário um teste o Guardião simplesmente determina o quão difícil qualquer ação é, designando um Nível de Dificuldade variando de 2 a 8, no qual o 2 representa uma chance ínfima de falha e o 8 beira o impossível. O jogador lança um único dado. Se o resultado for igual ou maior que a Dificuldade imposta, o personagem é bem-sucedido. Antes de jogar o dado, o jogador pode escolher gastar qualquer quantidade de pontos de sua reserva na habilidade relevante, e adicioná-la ao resultado final da rolagem do dado. Jogadores que se esquecerem de especificar a quantidade de pontos gastos antes da rolagem ficam apenas com o resultado do dado. (retirado do livro)

O sistema GUMSHOE não é baseado na busca e encontro de pistas, mas sim na INTERPRETAÇÃO dessas pistas! O sistema leva em conta que os jogadores irão ENCONTRAR TODAS AS PISTAS relevantes para a história, agora como vão interpretá-las e usá-las é com eles. Isso não frustra o Guardião e os jogadores se eles não encontraram algumas pistas importantes apenas por não terem passado nos testes dos dados, como em vários outros sistemas. Assim não existe teste para as Habilidades Investigativas.

Ao invés disso o jogador gasta os pontos que possui nessas habilidades para conseguir alguma coisa. Mas nem sempre também é necessário gastar os pontos. Na busca por pistas simples, basta ele dizer o que está fazendo, como está fazendo e que habilidade estiver usando, e ele encontrará a pista. Às vezes a pista é tão simples que ele simplesmente “esbarra” nela, acha sem precisar sequer dizer que está procurando. Claro, para algumas pistas é necessário gastar os pontos de Habilidades Investigativas para encontra-las. Algumas pistas concedem pontos bônus de reserva. Os pontos são recuperados apenas ao final de cada caso, independente do tempo gasto em jogo na história.

Independente do estilo de jogo adotado pelos jogadores, Rastro de Cthulhu é um RPG divertido, e uma alternativa aos RPGs mais tradicionais. Eu acho mais legal o estilo "purista", ele capta melhor o estilo das histórias de H. P. Lovecraft. O livro básico ainda vem com uma aventura pronta curta no final. A RetroPunk ainda publicou algumas aventuras e o suplemento Magia Bruta.

Fica aqui a dica para quem busca um RPG alternativo, com regras mais investigativas, ou que espera ansioso o Chamado de Cthulhu que será lançado em breve pela editora Terra Incógnita. Rastro de Cthulhu é um RPG de horror investigativo baseado nos Mythos de Cthulhu, criados por H.P. Lovecraft, mas também serve para campanhas investigativas de maneira geral, basta o Guardião e os jogadores ignorarem o cenário. Se gostarem de aventuras policiais de investigação, basta usar apenas o sistema de regras.

Por [url=mailto:seshomaru.sama@gmail.com]Carlos Eduardo da Silva Leal[/url].
"O topo da inteligência é alcançar a humildade."

Voltar para “Blog”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante