O Porquê Da Métrica

Mostre seus textos, troque idéias e opiniões sobre poesias.

Moderador: Moderadores

Avatar do usuário
Geleiras
Mensagens: 83
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#1 » 29 Jul 2010, 12:23

O Grande Sonho

Sonho profundo, ó Sonho doloroso,
Doloroso e profundo Sentimento!
Vai, vai nas harpas trêmula do vento
Chorar o teu mistério tenebroso.

Sobe dos astros ao clarão radioso,
Aos leves fluidos do luar nevoento,
Às urnas de cristal do firmamento,
Ó velho Sonho amargo e majestoso!

Sobe às estrelas rútilas e frias,
Brancas e virginais eucaristias
De onde uma luz de eterna paz escorre.

Nessa Amplidão das Amplidões austeras
Chora o Sonho profundo das Esferas
Que nas azuis Melancolias morre...

Cruz e Souza


Afinal, qual é a função da métrica?
Em primeiro lugar, leia aquele soneto em voz alta. Não se reprima, faça sua língua deslizar por cada palavra. Depois, leia este texto que o senhor está lendo agora, só que em voz alta.
Perceberá amigo leitor, a melodia que se encontra no soneto e não neste texto. Esta sonoridade e leveza de nosso saudoso poeta catarinense provém da simples simetria (assim como o ritmo, a melodia e o tempo para um musicista). São justamente estes elementos que dão graça e leveza ao trovador menestrel, ao repentista e também ardilosidade aos mestres da embolada e aos rappers. Cada qual com seus elementos, estilos e até técnicas diferentes.
Então, pelo fato de soar tão bem aos ouvidos o que quê isso tem de ruim?
Diferentemente dos gêneros mais modernos de poesia, esta, por um tempo tornou-se rigorosa demais dentro de certos grupos da sociedade. Onde, para ser um “bom poeta” bastava saber rimar cisne com tisne e principalmente preocupar-se com a métrica de uma forma mais formal.
E esta formalidade acabou por suprimir o fator Poesia. Isso NÃO significa, porém, que aquele menestrel, ou cordelista ou repentista ou tantos outros não tiveram Poesia em sua Arte. Justamente o contrário, foi a mentalidade progressista, racionalista e elitista que tirou a Poesia do Poema. Tendo como movimento contrário o Simbolismo e depois tantos outros dentro do Modernismo. Falávamos do Parnasianismo, embora, não devemos esquecer que dentro deste movimento existiram poetas que de certa forma não seguiram estritamente esta linha de pensamento, aliás, muitos poetas transitaram entre o romantismo, o parnasianismo, o simbolismo e o modernismo. Entra aqui o caso, por exemplo, dos poetas Luiz Delfino, Manuel Bandeira e Vitor Hugo, d’entre outros.
Pois é sensato admitir que o Artista como pessoa tem poder de transitar dentre vários períodos, e mudar assim como muda a época em que se encontra.
O métro, o ritmo e a rima são utensílios que sendo usados com parcimônia, garantem ainda mais a liberdade criativa do Poeta, afinal, “a praga é sempre mais devastadora na cultura única”.
VIVA A LIBERDADE DE CRIAÇÃO!

Avatar do usuário
Sr.Personna
Mensagens: 189
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#2 » 18 Ago 2010, 09:42

Eu não gosto da acusação que se faz aos cultores do Parnaso! Dentro do que idearam ninguém fez melhor, ninguém soube ainda provocar-me lágrimas ao descrever um vaso chinês. Provocar evocando dor e amor é fácil quero ver é provocar falando de um vaso de flor.

É uma crítica fácil colocar toda a culpa da decadência da poesia clássica nas mãos dos parnasianos. Tal processo se deu muito mais por mudanças na forma como a sociedade funcionava, com suas demandas frenéticas do que com a qualidade do poema em si. A Poesia Clássica é artesanal e a moderna industrial. Quanto tempo se leva para lapidar um soneto alexandrino? Quanto se leva para um verso livre? Praticamente surge um livro verso livrista a cada soneto!

Não é uma competição muito justa. Se antes um bom poeta deveria ter um vasto vocabulário, um domínio sintático incrivel para fazer com que cisne e tisne soassem harmoniosamente tanto em forma quanto em conteúdo. A poesia moderna deu direito a todos escreverem versos e se declararem poetas mesmo se não soubessem bem porque quebrou a linha na metade e continuou a frase na debaixo.
"Muito brincaram comigo,
até que aprendi a brincar...
Na vida se chicoteia
ou se deixa chicotear!"
(Lições, Lucas C. Lisboa)

O Jogo tem 3 regras simples:
1) Basta conhecer o Jogo para estar jogando.
2) Sempre que lembrar do Jogo, você perde.
3) Sempre que perder, você deve anunciar a derrota.

Avatar do usuário
Lumine Miyavi
Mensagens: 6366
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#3 » 18 Ago 2010, 09:44

Sr.Personna escreveu:A poesia moderna deu direito a todos escreverem versos e se declararem poetas mesmo se não soubessem bem porque quebrou a linha na metade e continuou a frase na debaixo.


Como se isso fosse algo ruim.
ImagemImagemImagem
Let's Play de FF8! \o\ Adaptações do Lumine! [d20!]
Cidadeando o Tarrasque!
Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Lumine, Mega Man X
[lumine]Nível de fabulosice[/lumine]: >[lumine]8000[/lumine]
Não, suas opiniões não estão certas. Não são as minhas. ♥

Avatar do usuário
Sr.Personna
Mensagens: 189
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#4 » 18 Ago 2010, 11:07

O pintor estuda cromatismo, perspectiva, proporção... O escultora aprende a trabalhar os diversos materiais... O cineasta aprende a compor o cenário e iluminação... O Ator aprende a trabalhar sua voz, sua postura, seu posicionamento... Todas as artes possuem um conjunto de técnicas que propiciam que a mesma atinja seu melhor efeito.
Eu não me chamaria de Ator por interpretar numa peça de colégio e nem de escultor ao brincar com argila. Você se chamaria?
"Muito brincaram comigo,
até que aprendi a brincar...
Na vida se chicoteia
ou se deixa chicotear!"
(Lições, Lucas C. Lisboa)

O Jogo tem 3 regras simples:
1) Basta conhecer o Jogo para estar jogando.
2) Sempre que lembrar do Jogo, você perde.
3) Sempre que perder, você deve anunciar a derrota.

Avatar do usuário
Lumine Miyavi
Mensagens: 6366
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#5 » 18 Ago 2010, 11:25

Por definição? Sim.
ImagemImagemImagem
Let's Play de FF8! \o\ Adaptações do Lumine! [d20!]
Cidadeando o Tarrasque!
Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Lumine, Mega Man X
[lumine]Nível de fabulosice[/lumine]: >[lumine]8000[/lumine]
Não, suas opiniões não estão certas. Não são as minhas. ♥

Avatar do usuário
Mirallatos
Mensagens: 731
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#6 » 18 Ago 2010, 12:53

Esse tipo de endeusamento da arte me irrita. A arte é humana. Ainda que possa existir um conjunto de regras para determinadas técnicas e estilos, isso não invalida outras experiências artísticas.


Não invalida, mas também não define. Se tudo define, tudo é qualquer coisa. :aham:
Imagem

Avatar do usuário
Mirallatos
Mensagens: 731
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#7 » 18 Ago 2010, 13:05

Madrüga escreveu:Essa foi a coisa mais sem sentido do tópico. Foi pior que acentuar "métro".

Aliás, qual é a do panfletarismo?


Não fode Madruga, deixe rolar! :hum:
Imagem

Avatar do usuário
Sr.Personna
Mensagens: 189
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#8 » 18 Ago 2010, 14:06

Que raios de definição coloca no mesmo barco todos os "poetas" Autodefinição?
Isso me cheira como um glutão que devora tudo indistintamente se tudo é igualmente apetitoso eu começo a duvidar da capacidade dele de diferenciar o doce do salgado.
"Muito brincaram comigo,
até que aprendi a brincar...
Na vida se chicoteia
ou se deixa chicotear!"
(Lições, Lucas C. Lisboa)

O Jogo tem 3 regras simples:
1) Basta conhecer o Jogo para estar jogando.
2) Sempre que lembrar do Jogo, você perde.
3) Sempre que perder, você deve anunciar a derrota.

Nathalia Melati
Mensagens: 11
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#9 » 18 Ago 2010, 23:58

Huuuuummmmm..... já vi essa discussão em algum lugar... :hum:

Avatar do usuário
Geleiras
Mensagens: 83
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#10 » 19 Ago 2010, 13:34

<<Sr.Personna
entendo seu ponto de vista e gostaria de colocar essa discussão no meu blog.

sim a poesia hoje está decadente, mas eu não quiz me referir ao parnaso.

eu vejo no parnaso muita maturidade aliás, mas este "culto a forma" deste movimento acabou por estigmatizar a poesia, e para ser sincero, existe o fator poema e o poesia.

pode-se fazer poesia sem se fazer um poema e pode-se fazer um poema sem lidar com a poesia, e dentro do parnasianismo isso ocorreu bastante aliás. eu gosto de muitos autores do periodo´, bom lembrar.

Sr.Personna escreveu:O pintor estuda cromatismo, perspectiva, proporção... O escultora aprende a trabalhar os diversos materiais... O cineasta aprende a compor o cenário e iluminação... O Ator aprende a trabalhar sua voz, sua postura, seu posicionamento... Todas as artes possuem um conjunto de técnicas que propiciam que a mesma atinja seu melhor efeito.
Eu não me chamaria de Ator por interpretar numa peça de colégio e nem de escultor ao brincar com argila. Você se chamaria?


concordo contigo, e isso é o que mais me irrita, aliás, para se escrever realmente o verso livre, se precisa estudar muito a poesia, principalmente a clássica. e é justamente isso que não acontece.

Lumine Miyavi escreveu:Sr.Personna escreveu:
A poesia moderna deu direito a todos escreverem versos e se declararem poetas mesmo se não soubessem bem porque quebrou a linha na metade e continuou a frase na debaixo.

Como se isso fosse algo ruim.


sim, é algo ruim, é como me julgar médico receitando chá de camomila,
pura prepotência.

a maioria desses poetas de achismos possuem um comportamento um tanto infantil ao receber uma critica por exemplo.

Avatar do usuário
Sr.Personna
Mensagens: 189
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#11 » 20 Ago 2010, 11:10

Dragão de Bronze escreveu:
Não é por nada não, mas... quanta elitização desnecessária, cara. Eu digo que se um moleque desenhou uma pipa e depois montou ele já fez um projeto de engenharia. Não vejo um bom motivo pra ser diferente com a Arte. Sei lá, parece até que só quem tem um diploma e anos de estudo pode fazer, porque quem não tem necessariamente fará algo indigno de ser chamado arte.


Eu só lhe pergunto: Você confiaria sua vida numa ponte construida pelo moleque que você chamou de engenheiro?
"Muito brincaram comigo,
até que aprendi a brincar...
Na vida se chicoteia
ou se deixa chicotear!"
(Lições, Lucas C. Lisboa)

O Jogo tem 3 regras simples:
1) Basta conhecer o Jogo para estar jogando.
2) Sempre que lembrar do Jogo, você perde.
3) Sempre que perder, você deve anunciar a derrota.

Avatar do usuário
Lumine Miyavi
Mensagens: 6366
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#12 » 20 Ago 2010, 11:23

A ponte feita por uma criança tem o mesmo peso que poemas escritos num fórum. Seu ponto é?
ImagemImagemImagem
Let's Play de FF8! \o\ Adaptações do Lumine! [d20!]
Cidadeando o Tarrasque!
Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Lumine, Mega Man X
[lumine]Nível de fabulosice[/lumine]: >[lumine]8000[/lumine]
Não, suas opiniões não estão certas. Não são as minhas. ♥

Avatar do usuário
Sr.Personna
Mensagens: 189
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#13 » 20 Ago 2010, 11:52

Lumine Miyavi escreveu:A ponte feita por uma criança tem o mesmo peso que poemas escritos num fórum. Seu ponto é?


Se este é o valor que dá aos seus versos e daqueles que aqui defende. Creio que a discussão está encerrada. Concordo contigo.
"Muito brincaram comigo,
até que aprendi a brincar...
Na vida se chicoteia
ou se deixa chicotear!"
(Lições, Lucas C. Lisboa)

O Jogo tem 3 regras simples:
1) Basta conhecer o Jogo para estar jogando.
2) Sempre que lembrar do Jogo, você perde.
3) Sempre que perder, você deve anunciar a derrota.

Avatar do usuário
Corvo da Tempestade
Mensagens: 1535
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#14 » 20 Ago 2010, 14:22

GoldGreatWyrm escreveu:
Sr.Personna escreveu:
Lumine Miyavi escreveu:A ponte feita por uma criança tem o mesmo peso que poemas escritos num fórum. Seu ponto é?


Se este é o valor que dá aos seus versos e daqueles que aqui defende. Creio que a discussão está encerrada. Concordo contigo.

Juro que li esse post três vezes... e não entendi. :blink:


Esse post irá exemplificar meu ponto de vista.

Poesia não é uma forma de comunicação? e, como toda forma de comunicação, não é necessário que a messagem seja transmitida do emissor para o receptor?

Então um poema com belas palavras e rimas ricas mas que as maiorias das pessoas que o leem fica com uma cara semelhante a essa :blink: poderia ser considerado um poema?
Imagem

Nathalia Melati
Mensagens: 11
Contato:

O Porquê Da Métrica

Mensagem#15 » 20 Ago 2010, 19:02

Corvo da Tempestade escreveu:Poesia não é uma forma de comunicação? e, como toda forma de comunicação, não é necessário que a messagem seja transmitida do emissor para o receptor?


Oi?

Voltar para “Poemas”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes