Fim de noite

Mostre seus textos, troque idéias e opiniões sobre poesias.

Moderador: Moderadores

Barlin
Mensagens: 731
Contato:

Fim de noite

Mensagem#1 » 21 Jan 2011, 03:42

O último cigarro anuncia a ausência inesperada.
Círculo de amigos que não preenchem mais aquele vazio.
Cervejas, risadas e cigarros não são mais o suficiente.

Como a fumaça, foi convidativa.
Com o tragar, foi sublime.
Com o tempo, parecia única.
Como a brasa, já queimara o seu filtro.

E lá se foi o seu último cigarro.

Avatar do usuário
Sr.Personna
Mensagens: 189
Contato:

Re: Fim de noite

Mensagem#2 » 07 Fev 2011, 09:21

Como podemos contar tanto com a presença do outro que não é uma parte de nós? O outro é uma vontade alheia, incontrolável, indomável.
Nunca deveria ser de todo inesperada.
"Muito brincaram comigo,
até que aprendi a brincar...
Na vida se chicoteia
ou se deixa chicotear!"
(Lições, Lucas C. Lisboa)

O Jogo tem 3 regras simples:
1) Basta conhecer o Jogo para estar jogando.
2) Sempre que lembrar do Jogo, você perde.
3) Sempre que perder, você deve anunciar a derrota.

Barlin
Mensagens: 731
Contato:

Re: Fim de noite

Mensagem#3 » 07 Fev 2011, 15:27

Bem colocado. Nunca deveria.
Pena que as expectativas, sonhos e esperanças nem sempre sabem disso.

Voltar para “Poemas”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante