[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Discussão sobre aspectos culturais, religiosos, comportamentais e educacionais do RPG, a popularização do jogo e o combate ao preconceito.

Moderador: Moderadores

Lofwyr
Mensagens: 142

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#31 » 10 Jun 2008, 11:05

Allefcapt escreveu:Lembre-se cara!!! Lembre-se!!! Vale a pena.

Lembro-me que tive o "A Cidadela do Caos", "A Espada do Samurai" e o "Templo do Terror"... tive outros, mas não lembro de todos.

Tive também o livro de cenário "Titã: O Mundo de Aventuras Fantásticas."



Allefcapt escreveu:Ahhh, pena não ter te conhecido na época.


Hehehehe. Pois é... era muitos livros... eu tinha uma prateleira inteiro do guarda-roupa dedicada apenas aos livros de DarkSun... tive todos os pockets (Pentalogia do Prism Pentad, Trilogia Tribe of One (genial) e mais uma série de 5 Livros com história fechadas)... a caixa da segunda edição e a revisada, bem como a incrível aventura (também em caixa) City by the Silt Sea. Contando caixas, livros e aventuras, eram cerca de 30 livros. Incluindo a bíblia do Monstrous Manual (zilhões de páginas), e os livros de monstros, que na época vinham em formas de fichas.

Sem contar minhas miniaturas do Agis, Sadira e Rikus, bem como alguns monstros típicos do cenário.

Melhor cenário de RPG que já mestrei... rico e interessante.
Sinto muita saudade das areais de Athas. Ah, que saudades da expressão dos jogadores quando o Kalak fecha as portas da arena e começa a se transformar em um dragão... ah... que saudades!

Mas, reza a lenda, a WotC tem planos para trazê-lo de volta na 4ª edição.


Allefcapt escreveu:CASE COM ELA.


Junho/julho de 2009... apartamento comprado e tudo mais, só esperando para nos formarmos na faculdade. ^_^


Allefcapt escreveu:Cara, os títulos que mestrou e os que jogou recentemente credenciem você a se tornar com o tempo um THE MASTER OF.
Não perca este pique. Sei que é difícil mas vale a pena.


Passei por uma espiral descendente. Jogava cada vez menos. Mas tive uma fase bacana, aonde quase todos os meus amigos mestravam algo diferente... tem alguns sistemas que li e nunca mestre, ou mestrei 2 ou 3 sessões: In Nomine, Vampiro, Lobisomem, Call of Cthulhu, 7th Sea, entre alguns outros.

Mas agora a coisa melhorou. Estou empolgadíssimo com a campanha de Freeport que estou jogando, e ainda mais empolgado com a campanha de Shadowrun que estou mestrando.

Comecei uma espiral ascendente novamente. Acho que o RPG vai fazer parte da minha vida por muiiiito tempo agora que a Paula também gosta da atividade.


Muito obrigado pelos seus comentários.


Lederon escreveu:Agora eu estou na faculdade e tenho um grupo lá. Conheci o Storyteller e o Storytelling e adorei. A campanha de D&D anda parada, narro uma de Changeling: O Sonhar e estamos escrevendo um cenário para OPERA. \o/


E não esqueça que você tem um pântano com o seu nome no Reino Gelado de Thundra. O cenário pode nunca mais sair da gaveta... mas seu nome sempre estará lá, rsssss.


Kilivitz escreveu:Fui apresentado aos RPGs há uns 10 anos mais ou menos, primeiro através de cRPGs antigões como a trilogia Eye of the Beholder, Ultima VIII, e depois através do First Quest.


Hehehehe... posso apostar que jogou os clássicos "Ultima Underworld" 1 e 2, não? Se não jogou, não sabe o que está perdendo... não faz idéia meeeesssmo... eram jogos à frente do tempo deles.

Hoje em dia estou jogando o Neverwinter Nights 2, apesar de não ter curtido algumas coisas no jogo. Quanto tenho tempo também dou uma avançada em meu personagem de Elder Scrolls: Oblivion, que é um ótimo jogo para quem tem muiiiito tempo.
"Watch your back, shoot straight, conserve ammo
and never, ever, cut a deal with a dragon."
- Street Proverb

Mais userbars em: http://www.spell.net.br/forum/viewtopic.php?f=26&t=411

Avatar do usuário
evincarzed
Mensagens: 8

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#32 » 18 Jul 2008, 01:39

Santo Bahamut!

EU TENHO UM CLONE! :blink:
E ELE sofre atualizações! :queixo:

Também começei meu contato com o rpg com o combo Steve Jackson/Ian Livinstone há mais de 18 anos atrás.
Também tive Titã. Balthus Dire era o cara!
Também tive uma prateleira só de livros de rpg, com foco obssessivo em dark Sun (estou jogando um PBEmail de Darksun nesse momento com a galera do site. creio haverem vagas http://www.darksun.com.br :aham: ).
Também tou jogando NWN, só que o 1 (Já viu os 8 servidores do Higher Grounds? http://www.dormantwarrior.adsl24.co.uk/ Eles mudaram e melhoraram o jogo quase todo com scripts. Red Dragon Disciples rules! dá pra alcançar level 60, virar imortal e semideus)
Meu primeiro RPG (gurps 3a edição, aquele da cabeça roxa) foi presente de quinze anos ha 16 anos atrás, mestrando desde sempre. Desde então, passei por storyteller (vampiro e lobizomem), d&d grow, Ad&d, 3e e afins, defensores de tóquio, shadowrun. Joguei Baldurs gate 1 e 2 (ZEREI um monte de vezes, catei a Jaheria e a elfa alada, etc...), joguei eye of beholder 2 (san raal, mago apelão) e 3, ultima underworld stygian abyss (Ort Por Yelm).
Lembro até hoje quando fui intimar meus amigos a jogar Gurps.
"-Cabeça, arrumei um jogo maneiro!"
"-Cadê, zé?"
"-Taqui, ó!"
"-Um livro? Tem tabueiro? é de dobrar?"
"-Não, sua besta! O nome dessa parada é RPG! A gente joga com dados e papel. Que nem os livros de enrola e desenrola, só que sem livro, a gente inventa a estória e faz o que quer."

Lembro que tive que mestrar "uma noite de trabalho " umas 20 vezes para os meus amigos. toda hora eles queriam fazer alguma coisa diferente na casa do fatso e detonar o max. Tinha uma biblioteca de suplementos (gurps fantasy, space, robots, horror, conan, império romano, grimório, werewolf, cyberpunk, supers, vikings, etc...) que nunca parava de crescer ou ficava parada muito tempo.
Formei amizades duradouras que persistem até hoje, jogando de 15 em 15 dias.

Luminus
Mensagens: 1363
Contato:

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#33 » 04 Ago 2008, 13:57

Retornemos então a 1995... eu havia entrado no CEFET-MG e, de posse da lista de livros a adquirir, entrei na Livraria Leitura da Praça Sete... fui até essa livraria porque ela é no coração da cidade, e muitos ônibus seguem pela Av. Amazonas (onde fica o CEFET) e têm ponto em frente a ela.

Enfim, entro na livraria, eu e meus 15 anos de idade (eu faria 16 em outubro; isso aconteceu no começo do ano), e digo a um vendedor que preciso comprar os livros da lista. Ele me olha e aponta o fundo da loja, dizendo "vá até o fundo, lá estarão seus livros", ou algo assim.

Segui até o fundo da loja, a pouco mais de 10 metros da entrada. Lá, vejo o balcão sem nenhum atendente à esquerda e, à direita, uma escada que fazia uma curva, para o segundo andar... subi então para o segundo andar.

Quando eu cheguei no segundo andar da loja... foi como se tivesse entrado em outro lugar. do meu lado direito, havia um suporte com diversas camisas, invariavelmente pretas, com ilustrações de cenas de fantasia. Atrás desse mostruário, havia uma estátua em tamanho natural do Predador... em frente, as paredes continham prateleiras lotadas de livros, gibis, etc. e três mesas ao centro, onde algumas pessoas estavam sentadas. Do lado esquerdo, próximo a mim, o recorte da escada era preenhido por uma estante com várias caixas de jogos, de tamanho semelhante ao "Banco Imobiliário", só que todas em inglês. E, logo mais à frente, do lado esquerdo, um pequeno balcão de vidro, com várias caixinhas parecendo maços de cigarro, pacotinhos semelhantes aos de figurinhas da Panini, e alguns livros na parede. E um vendedor, é claro.

Após um breve panorama, dirigi-me a um dos caras na mesa... era uma dupla... eles pareciam trocar figurinhas... perguntei do que é que se tratava. "É um jogo chamado Magic"... daí perguntei como se jogava, e ele disse que era muito complicado de explicar, e que não teria tempo. Dirigi-me ao vendedor, ele me disse que o manual vinha em uma das caixinhas de cigarro (que na verdade eram decks de 60 cartas). Levei um mês para comprar.

Ali eu não comecei a jogar, mas foi meu primeiro contato, tanto com RPG, quanto com o Magic. Meu primeiro grupo de RPG surgiu no meio do ano de 1995, nas férias escolares, quando um de meus amigos me chamou para conhecer "um jogo muito legal". Era o First Quest, e eu joguei com o elfo da caixa (uma campanha looooobnga, cheia de altos e baixos). Mas meu guru no RPG foi o Clécio, o vendedor do segundo andar da Livraria Leitura da Praça Sete. O Livro dos Monstros de AD&D, que eu tenho até hoje, eu comprei da mão dele. Gente fina, não deixava os caras furarem meu olho trocando as cartas de Magic.

Depois do First Quest, seguimos para Mystara. Joguei alguma coisa em Forgotten Realms, Ravenloft, Spelljammer, Planescape e Dragonlance... mas curti mesmo foi Mystara, o reino de Karameikos (depois que eu descobri que aqueles dois fliperamas de Dungeons & Dragons eram baseados em Mystara, aí que acabou mesmo!), Glantri e a Costa Selvagem.

Boas lembranças daquele início... ainda tenho meus livros básicos, o guia de Karameikos e um First Quest completo em inglês... hoje em dia, não jogo a 4ª Edição, apesar de ajudar a organizar eventos da RPGA aqui em BH. Ao invés disso, estou tentando montar um grupo de AD&D. Interessados, mandem mensagens :)

E!

Avatar do usuário
Allefcapt
Mensagens: 2340
Contato:

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#34 » 05 Ago 2008, 16:34

Olá a todos,

Mais histórias legais....
Um brinde ao RPG!


GUN_HAZARD
Casou e continua jogando... mas é assim que têm que ser. O que já nos prova que provavelmente você está na linha certa, afinal parece possuir uma companheira que respeita o RPG. Um brinde a Sra. GUN. :victory:

Eu também tenho a sorte de possuir uma pirata ao meu lado (e algumas eventuais bucaneiras) que respeitam e até curtem o RPG. E isto é um dos principais responsáveis por eu manter uma campanha imensa e longa. Um brinde a ela também!

“Comecei A Jogar RPG com 12 Anos, Quando um Colega com quem conversava sobre Video Game, me chamou para jogar junto com uns primos dele que haviam acabado de se mudar pro bairro. O Jogo era o First Quest do AD&D”

Mais um dos filhos da sedutora caixa preta e dourada com bonequinhos, cards e mapas. Começou bem.

“comprei umas revistas "Role Playing" da editora Escala de 95 ou 96 (Tenho os 3 Primeiros Números).”

SENSACIONAL. Aqui vos fala um dos responsáveis pela publicação, cuja pauta fechávamos no meu prédio, na casa de um amigo. Legal você as ter. Aliás, vou tentar te arrumar as duas que faltam para sua “coleção”. Me escreva em allefcapt@spell.net.br Ok? E onde você as comprava? Qual cidade?

Interessante suas observações sobre as regras do FIRST QUEST. Você não é o primeiro a reclamar das regras e de sua aparente difícil compreensão.

“Depois de Um Tempo Juntando os Trocados de todo o grupo fizemos uma "Vaquinha" e compramos o "Livro do Jogador" e o "Livro dos Monstros" do AD&D e tambem os Dados (Tinha acabado o tempo de improvisar jogadas com D6 e um D4 feito com Durepox).”

Provavelmente os compraram em uma banca de jornais certo? E dados de DUREPOX? Sensacional. Há registro disto? Eles ainda existem?

“Defensores de Tókio, Arkanun, Trevas, GURPS, CyberPunk 2020, Vampiro, Lobisomen, Mago, D&D 3ª ed e D&D 3.5, Jogos variados D20, Senhor dos Aneis, De Cenários do D&D Jogamos Forgotten, Ravenloft, Mystara, Reinos de Ferro, Tormenta (Isso mesmo quando falo que não gosto é porque já mestrei e já joguei e NÃO GOSTEI), Vikings, Cronicas de Avalon, Planescape, Dark Sun e uma porrada de Cenários próprios...”

Cara, parece mantra de colecionador. HAHAHAHAHAHAHA.
Há uma boa dose de XP’S aí não?
Bem, AL-QADIM como sempre não está no páreo. “Sucram”

E manter uma campanha em FORGOTTEN é o tradicional. Mantenha-se assim. Cuide bem dos quatro sobreviventes que lhe restam. São almas que valem ouro no baú de Daves Jones.

KILIVITZ
“Eye of the Beholder, Ultima VIII, e depois através do First Quest”

A trilogia do Gênesis. Um brinde de Hidromel a este começo.

GURPS SUPERS.... Hehehehehhehehehehehehe. Um capítulo por dia é nossa meta. Mas se divertiu certo? É o que vale.

“fiquei completamente viciado em Baldur`s Gate - que eu jogo até hoje, confesso.”

Chicotes ecoam na comunidade. Muitos se auto-flagelaram agora amigo.
BALDUR’S É HIPNÓTICO.

“Em 2000, comprei os livros básicos do D&D 3e e joguei até que bastante, mas de uns 2 anos depois pra frente meu interesse em RPG de mesa foi esfriando.”

Recupere o brilho no olhar. Ligue a máquina e jogue em BALDUR’S. Nada que algumas aranhas gigantes e kobolds histéricos não curem.

E pelamordedeus... não abra a quarta edição.

“P.S.: é, eu sou novo no fórum e esse é meu segundo post. Muito prazer.”

Começo de alto nível.

EVINCARZED
As primeiras linhas de seu depoimento por si só já evocam respeito e saudosismo.
Muitos filhotes da nova geração de jogadores e mestres não serão capazes de compreender alguns dos nomes evocados. E confesso que aqui e agora, lendo seu post ao som de “Good King” de Loreena ele ganha ares épicos.

Na excursão a EIRPG deste ano em que fui, ao abrir um dos livros jogos para passar o tempo evoquei estes sentimentos em um ônibus carregado de velhos guerreiros, bardos, magos, ladinos e sacerdotes. “O FEITICEIRO DA MONTANHA DE FOGO”

Um imenso brinde aos pais da imaginação “Steve Jackson/Ian Livinstone”

DARK SUN VIVE!!! Cara... mantenha isto. E coloque algo no DIÁRIOS DE CAMPANHA. :victory:

“Meu primeiro RPG (gurps 3a edição, aquele da cabeça roxa) foi presente de quinze anos ha 16 anos atrás, mestrando desde sempre. Desde então, passei por storyteller (vampiro e lobizomem), d&d grow, Ad&d, 3e e afins, defensores de tóquio, shadowrun. Joguei Baldurs gate 1 e 2 (ZEREI um monte de vezes, catei a Jaheria e a elfa alada, etc...), joguei eye of beholder 2 (san raal, mago apelão) e 3, ultima underworld stygian abyss (Ort Por Yelm).”

A TRAJETÓRIA clássica dos aventureiros.
O LIVRO quase artesanal, as iscas das editoras e por fim o teclado. Estou neste clube. Mas manter minha mesa clássica ao lado de meu mundo real é o cálice sagrado.

“Formei amizades duradouras que persistem até hoje, jogando de 15 em 15 dias.”

E esse é o verdadeiro objetivo. Parabéns.

LUMINUS
"vá até o fundo, lá estarão seus livros",

A AVENTURA COMEÇA....

“Era o First Quest, e eu joguei com o elfo da caixa”

Mais um filho da caixa. Ainda quero passar por esta vida construindo algo assim. Uma ISCA DE SONHOS.

“Mystara. Joguei alguma coisa em Forgotten Realms, Ravenloft, Spelljammer, Planescape e Dragonlance... mas curti mesmo foi Mystara, o reino de Karameikos”

Novamente a miríade dos cenários está exposta.. sem AL-QADIM.
Serei eu um extraplanar?

“apesar de ajudar a organizar eventos da RPGA aqui em BH”

NUNCA DEIXE DE NOS COMUNICAR!

Um imenso abraço a todos,
Conclamem seus amigos a virem aqui contar suas histórias.
E VIDA LONGA AOS DADOS.

E cara, antes de começar uma sessão, levante o copo de Coca, e faça um brinde ao Clécio. O vendedor com nome de gladiador de terceiro nível. Ele merece. :b
"É o seu navio que faz o porto.
Lance ferros com sabedoria"

Twitter: @allefcapt / @spell_net
Diários do Capitão Allef: https://www.facebook.com/rodrigoallef.nunes
Aventura: http://www.alqadim.blogger.com.br/index.html

"Todo o homem é culpado do bem que não fez." Voltaire

Avatar do usuário
Sampaio
Mensagens: 2113
Contato:

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#35 » 07 Ago 2008, 16:12

Poxa, tem tanto tempo que lembro até em preto-e-branco...

Eram aqueles livros aonde vc fazia sua história. Era tipo "Se vc vai entrar na caverna, vá a pág.52, parte 4; Se vc vai pegar a estrada vá a pág 126, parte 12".

Eram 3 livros assim, e comecei com eles. Explorando todas as possibilidades deles.

Depois de alguns anos um amigo me apresentou ao AD&D e mais tarde Vampiro, 2a edição, claro.

Caramba, como sou antigo nisso.
Spell: não somos bonzinhos, somos sinceros!
http://www.spell.net.br/portal/index ... &Itemid=72

Perguntem qualquer coisa lá:
http://www.formspring.me/Pedrohfsampaio

Avatar do usuário
Allefcapt
Mensagens: 2340
Contato:

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#36 » 07 Ago 2008, 18:12

Olá a todos,

SAMPAIO,
Jogue novamente cara.
Pegue um dos livros-jogos e caia dentro. :victory:

Vale à pena.

Um abração,
"É o seu navio que faz o porto.
Lance ferros com sabedoria"

Twitter: @allefcapt / @spell_net
Diários do Capitão Allef: https://www.facebook.com/rodrigoallef.nunes
Aventura: http://www.alqadim.blogger.com.br/index.html

"Todo o homem é culpado do bem que não fez." Voltaire

Luminus
Mensagens: 1363
Contato:

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#37 » 09 Ago 2008, 22:27

Puuuuutz... O Feiticeiro da Montanha de Fogo... insuperável!!!

E!

P.S.: Menção honrosa para O Calabouço da Morte.

Avatar do usuário
Farrem
Mensagens: 38

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#38 » 19 Ago 2008, 18:19

Mensagem deletada.
Última edição por Farrem em 01 Dez 2010, 11:14, editado 1 vez no total.
<p align="center"><img src="http://www.wizards.com/dnd/monster/images/banners/6.jpg"/><br/><a href="http://www.wizards.com/dnd/" target="_blank">D&D Home Page</a> - <a href="http://www.wizards.com/dnd/monster/index.asp" target="_blank">What Monster Are You?</a> - <a href="http://www.wizards.com/dndinsider/compendium/database.aspx?searchterm=Behir" target="_blank">D&amp;D Compendium</a></p>

Avatar do usuário
Gnomo Matador de Gigantes
Mensagens: 18
Contato:

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#39 » 17 Set 2008, 13:20

Meu nome é Renato, tenho 27 anos e sou de Recife-PE

Comecei no RPG mesmo em 2001, mas meu primeiro contato foi em 1998.

Na época eu tinha 17 anos e adorava animes, devido à uma infância e adolescência regadas a tokusatsus (Jaspion, Changemen, Black Kamen Rider, etc) e animes (Cavaleiros do Zodíaco, Shurato, Yuyu Hakusho, etc) na saudosa Manchete, passando em frente à uma banca num shopping eu vejo uma revista com uma ilustração totalmente anime, era a DB (acho que 44) que tinha a primeira parte da aventura Holy Avenger, com a Lisandra na capa, fiquei decepcionado ao perceber que não tinha nada haver com anime :what: mas fiquei curioso sobre o tal RPG, na mesma revista tinha um encarte com a ficha do Scorpion e outro personagem do MK que não me lembro agora, acabei voltando à banca no mesmo dia e comprando o 3D&T Mortal Kombat, foi o começo de tudo.

Continuei comprando as DBs e as revistas de 3D&T, mas nunca cheguei a jogar :what: pois apesar de gostar de anime, eu nunca curti games, só mais tarde quando conheci os games de RPG como Final Fantasy, Diablo e meu vício atual Neverwinter Nights, mas as revistas do 3D&T serviram para me dar uma idéia de como funcionava a mecânica dos jogos de RPG.

Em 2001 conheci uma galera que jogava Vampiro e fiz amizade com o mestre, que logo me chamou para jogar, ainda lembro com saudades daquele grupo :rolando: 3 Brujahs com Potência e Rapidez altas (entre 3 e 5), 3 Grangrels com Fortitude e Metamorfose também altas (a galera já jogava há meses) e 1 Toreador (eu) com Auspícios 3 e sem NENHUM ponto em Briga, Armas Brancas ou Armas de Fogo :rolando: apesar de não ter nenhuma habilidade de combateu meu personagem se tornou parte indispensável do grupo, porque era ele que investigava e desvendava os mistérios.

Quando apareceram outros caras interessados em jogar o mestre me convidou a mestrar também, fiquei meio inseguro mas ele me disse algo que nunca mais esqueci "Para mestrar você só precisa de uma coisa, saber contar histórias", daí eu topei o desafio, incluímos os caras na campanha e dividimos o grupo em 2, sendo que as aventuras eram planejadas em conjunto e o que ocorria em uma tinha conseqüências na outra. Jogamos essa campanha por um bom tempo, mas acabamos migrando para D&D porque estávamos saturados de Vampiro, Horror Pessoal e Cenários Punk-Góticos.

Nesse período de transição entre Vampiro e D&D eu conheci o Sistema Daemon, meu preferido até hoje :wub: mestrei para meu grupo de Vampiro-D&D várias one-shots e mini-campanhas de Trevas, Arkanun, Anjos, Demônios, Anime e, nossa melhor campanha, Supers, na qual os PJs chutaram a bunda do Clube do Inferno, da Irmandade de Mutantes e até da Guarda Imperial Shiar, mas apanharam feio do Sr. Sinistro (por puro azar nos dados).

No final de 2004 eu me mudei de Olinda para Recife, apesar de ainda estar na mesma Região Metropolitana ficava muito demorado e cansativo (1h de ônibus para ir e 1h para voltar) ir para meu antigo bairro e voltar para o novo, que eu ainda não conhecia direito e na época tava com muito assalto rolando :triste:

Passei os três anos seguintes acompanhando o RPG apenas pelas comunidades do Orkut, na época em que você precisava de convite para entrar, mas continuei comprando quilos de livros de RPG :rolando: até que no final do ano passado, um cara coloca um post na comunidade RPG Recife querendo formar um grupo de Ars Magica, já tinha ouvido falar no jogo mas não tinha me interessado muito, mas era uma chance de voltar a jogar :dança:

A campanha de Ars Magica só durou três meses :furioso: o mestre sumiu sem dar notícias, aí eu comecei a mestrar Trevas e derivados (Anjos, Demônios, etc) para o grupo, depois um cara do grupo quis mestrar D&D, aí ocorreu um fenômeno em minha vida :venera: o encontro mensal do RPG no Bob`s, onde conheci muitos outros jogadores, mestres, sistemas e cenários.

E assim vou seguindo :b
Visite a Toca de Gnomo

Avatar do usuário
Lumine Miyavi
Mensagens: 6366
Contato:

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#40 » 22 Set 2008, 16:26

Só falta dizer que tem pessoas de Manaus aqui. Ou de Duque de Caxias. XD
ImagemImagemImagem
Let's Play de FF8! \o\ Adaptações do Lumine! [d20!]
Cidadeando o Tarrasque!
Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Lumine, Mega Man X
[lumine]Nível de fabulosice[/lumine]: >[lumine]8000[/lumine]
Não, suas opiniões não estão certas. Não são as minhas. ♥

Avatar do usuário
VAMPIRA
Mensagens: 497

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#41 » 25 Set 2008, 15:19

Aqui de Brasíia tem eu e o Lune e nós nos conhecemos! Também tinha outra pessoa na qual não me lembro agora!
Born to be wild!

Campanha avatares do Obama: We can change it!

Avatar do usuário
Allefcapt
Mensagens: 2340
Contato:

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#42 » 06 Jan 2009, 17:50

Olá a todos,

Ahhhhhhhhhhhh, o tópico que mais gosto...

FARREM,
Ler.
A palavra mágica, que com o seu relato, se firma ainda mais em nossas mentes como sendo fundamental ao princípio de tudo. :victory:

Lendo o seu relato, vi espelhada parte de minha vida.

Minha família também era parte do Clube do Livro e ainda hoje, possuo diversos títulos ligados a este mundo de obras.

A coleção da Agatha Christie, com suas capas duras e estreitas, são parte de minha vida.

E o CONAN? Este então passou a ser minha leitura obrigatória.
Tenho todas as revistas desde a primeira Espada Selvagem lançada.

Mais um iniciado pelo primo. E ainda por cima por GURPS. Excelente!
E com o sangue do Beto Carrero próximo... só falta o chicote. :frenzied:

O Heroes Quest é o pai de muitos jogadores de minha geração. Confesso que até gostaria de ter conhecido o tabuleiro antes dos livros xerocados.

3d&t. Novamente o mal compreendido título surge como uma rede poderosa para capturar novos guerreiros. Eu sempre brindo a ele.

No meio acadêmico foi realmente “educado”: D&D, gurps, vampiro e lobisomem. Bela planilha de matérias...

“O projeto deu certo, e nós até organizamos uma excursão para o XIII EIRPG e muita gente da escola foi. O livro ficou com duzentas páginas, eu pedi para meu padrasto se ele conseguia fazer uma versão encadernada (ele têm uma editora), ele fez dez cópias, com encadernação profissional e eu quiz usar uma figura do Single "The Bard`s Song" do Blind Guardian como capa, o resultado ficou bem legal e minha professora quase teve um treco de felicidade.”


Cara, preciso ver isto!!! Me manda ao menos uma foto!!!

“Lancei o livro na feira cultural de Mauá junto com o Ziraldo que era convidado especial (ele falou que gostava da minha iniciativa de jovem escritor, mas disse que RPG era coisa de louco, mas acho que ele é que está gagá). No ano seguinte expus o livro no estande da Daemon Editora dentro da Bienal do Livro, meus agradecimentos ao Dell Débio e ao Saladino (nunca gostei muito do material deste ultimo mas ele é uma pessoa excelente para se conversar e muito gentil tambem). A RedeRPG tambem deu uma grande força fazendo um artigo sobre o livro, mas vários usuários estúpidos vieram falar que eu estava usando a imagem da capa indevidamente, sem sequer pesquisar no site da Editora(Letras Jurídicas, diga-se de passagem). Em pensar que tudo começou com diários de campanha na Spell”


Simplesmente, sensacional!
Quero um livro!!!! Onde compro???

“E ei Aleff: EU JOGUEI AL-QADIN!”


AL-QADIM
Se errar de novo o nome sagrado eu lhe tranco em uma sala pequena com um SHAIR da pá virada.

GNOMO MATADOR DE GIGANTES,

“(...) mas fiquei curioso sobre o tal RPG, na mesma revista tinha um encarte com ...”

CAIU NA REDE! Isso é o que vale!

“mas as revistas do 3D&T serviram para me dar uma idéia de como funcionava a mecânica dos jogos de RPG.”

Olha novamente a sigla aí! Mais um brinde.

“"Para mestrar você só precisa de uma coisa, saber contar histórias",”

Isso aí gafanhoto... :dança:

“Trevas, Arkanun, Anjos, Demônios, Anime e, nossa melhor campanha, Supers”

Bons títulos. No final só podia mesmo encarar o sinistro...

“mas apanharam feio do Sr. Sinistro (por puro azar nos dados).”

Você é que pensa.... os dados não são páreo para ele... :pidao:

“A campanha de Ars Magica só durou três meses o mestre sumiu sem dar notícias,”

Cara, que sinistro... mais um relato destes e tranco meu livro de ARS em uma caixa de chumbo...

:b

Duas excelentes histórias!!!!
Que neste 2009 venham muitas outras!


Um abraço a todos
"É o seu navio que faz o porto.
Lance ferros com sabedoria"

Twitter: @allefcapt / @spell_net
Diários do Capitão Allef: https://www.facebook.com/rodrigoallef.nunes
Aventura: http://www.alqadim.blogger.com.br/index.html

"Todo o homem é culpado do bem que não fez." Voltaire

Avatar do usuário
Ken-Ohki
Mensagens: 726

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#43 » 08 Jan 2009, 01:57

Olá,

então vamos para a minha, que é pequena em comparação a do povo, xD

Tive contato com RPG pela primeira vez em 1998, jogando GURPS, com um colega meu tentando mestrar com um livro que ele ganhou de aniversário e que tinha lido com empolgação.

Esse foi meu único contato com GURPS. Não lembro muito das suas regras, mas gostei muito e pretendo voltar a jogar ele algum dia.

Alguns anos se passaram, até que eu pudesse voltar a jogar, só que agora no CEFET-BA. Joguei uma ou duas campanhas de D&D, foi divertido, me empolguei bastante. Saindo do CEFET, fiquei com vontade de montar um grupo, que aconteceu logo no ano seguinte à minha saída, na universidade. Esse não vingou, o povo lá nunca arrumava tempo em comum pra jogar. Agora eu estou parado, querendo grupo...

A única coisa que me diz estar jogando RPG atualmente (leia-se 2008/2009) são os RPGs eletrônicos (Kingdom Hearts e Diablo) e MMORPGs (Ragnarök, que estou largando).

Cheguei a jogar Magic (com deck dos outros) e tive deck de Pokemo TCG, xD.

Avatar do usuário
Crispi
Mensagens: 46

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#44 » 09 Jan 2009, 12:46

Começou na escola. Eu fui apresentado por um amigo a um cara meio esquisito e tals. Ele me chamou pra jogar um tal de rpg, que era o maior barato. Eu perguntei se fazia mal e coisas assim, mas ele disse que é levinho, não traz nenhum tipo de consequencia, que muita gente faz e tals que não tem problema. E legalizado e ninguem se importa... Isso foi em 2001... Mentiroso safado...

Avatar do usuário
Batousa
Mensagens: 1345

[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Mensagem#45 » 03 Fev 2009, 14:42

Eu comcecei a jogar rpg por causa de um jogo chamado Hero Quest.

Nao sei se voces conhecem, mais é um jogo medieval de tabuleiro, com 4 personagens eu axo, nao me lembro direito.
Barbaro, Mago, Anao e Elfo.
Axo q era isso.
tinha uma ficha basica, com os dados de ataque e defesa o movimento e o numero de HP.
Para garotos de 13 anos, e um "mestre" de 14, isso era perfeito.

o jogo continha, miniatura de moveis paredes e dos herois e monstros claro.

O jogo tambem continha um livro com as aventuras.
Uma breve narração no inicio e dpois seus personagens era colocado no ponto inicial do tabuleiro e a fase ia sendo montada de acordo com que voce andava, com os moveis e os monstros.
no jogo voce so andava atacava a abria bau de tesouro.

Foi o primeiro contato que eu tive mais ou menos com algo do genero de rpg. Logo depois veio os jogos de video game, e no msm ano em que joguei Hero Quest (juro que passei horas jogando ate passar de todas as fases, ate das duas expansoes.). Fui chamado para jogar Dragon Quest.
Era mais de tabuleiro tb, porem um pouco mais avançado com mais açoes e tudo mais, esse era bem mais conhecido. ( provavelmente muitos de voces devem conhecer o Dragon Quest).

Meu primeiro RPG foi um AD&D, chamado First Quest, que tambem foi muto conhecido.

depois joguei lobisomen durante alguns meses com um pessoal de SP (minha vo mora em SP entao ia paa la todas as ferias.).

depois de um pouco mais velho e mais acostumado com RPG e com boa noçao de interpretação por causa do Storyteller. Conheci o D&D.

Bem esse foi o meu preferido, adoro tudo em D&D.


Joguei muito Magic tb, mais muito msm, desde os tempos de Urza. Porem o mundo continuou e eu fiquei para tras, mais tenho o deck ate hoje XD.

Nao me arrependo nem um segundo de ter me tornado um fan de rpg, pra mim nao existe passtempo melhor.

P.S: nunca matei ninguem
Imagem

Voltar para “RPG & Sociedade”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes