[Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua história..

Discussão sobre aspectos culturais, religiosos, comportamentais e educacionais do RPG, a popularização do jogo e o combate ao preconceito.

Moderador: Moderadores

pbmzbr
Mensagens: 1

Re: [Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua histór

Mensagem#76 » 21 Set 2013, 23:42

Bom... assim como o Allefcapt, a minha história com o RPG começou muito antes dos RPGs livros e dados, mas não longe do RPG de verdade (mesmo que na época eu não fizesse ideia que era de RPG que eu estava falando).

Uma certa madrugada, quando eu tinha entre seis (06) e sete (07) anos de idade, assisti na Globo (meu pai e eu gostávamos de filmes e passávamos as madrugadas de sábado e domingo assistindo TV) um filme muito maluco que mudou a minha vida para sempre. Literalmente.

No filme, um camarada se mudava para uma faculdade e encontrava um anuncio que dizia "Procura-se mago nível 12 (...)". Ele pega o anúncio e começa a jogar um jogo maluco com tabuleiro, bonecos e coisas esquisitas, em que um cara contava uma história, ele dizia o que ia fazer, jogava alguns dados, andava com o boneco e o narrador dizia o que acontecia. Por algum motivo que eu não me lembro, todos os jogadores se vestiam como seus personagens durante as partidas. Em determinado momento do filme o cara fica maluco e começa a alucinar com eventos relacionados ao jogo, misturando-os a vida real.

Para quem ficou curioso o nome do filme é Labirintos E Monstros de 1982, com o Tom Hanks e ele foi produzido para a TV. (http://www.imdb.com/title/tt0084314/?re ... lmg_act_67)

Imediatamente no primeiro dia de aula após aquele fim de semana, eu contei para os meus amigos da sala sobre o filme e começamos a criar nossos personagens e regras. Apesar de no filme o RPG ser de fantasia medieval, o "nosso" era meio futurista. Nossos personagens eram meio robôs. Assim, durante um tempo, nas aulas, ou nos recreios, jogávamos o nosso "RPG" sem nome, com nossos regras, com 2D6 e muita imaginação. O ano letivo acabou, vieram as férias e as crianças da minha rua (eu morava em casa) não ligavam para este tipo de brincadeira. Nossa diversão era na rua, com brincadeiras de correr e, algumas vezes, com nossos Comandos em Ação. Logo, eu esqueci do RPG e só fui me reencontrar com ele anos mais tarde.

Em 1993 eu me mudei para um prédio em outra rua e meus pais me transferiram para outra escola. Certo dia, em minha nova turma um menino virou para mim e perguntou:
- Ei. Você joga RPG?
Eu nem sabia do que ele estava falando. Então, no dia seguinte ele trouxe o livro "RPG: Aventuras Fantásticas: uma introdução aos role-playing games". Meu RPG favorito até hoje.Tanto que cheguei a ter três (03) livros iguais. Achei a capa bonita, ele me explicou o que era o jogo e na hora eu lembrei do filme e da minha antiga turma. Ele nunca tinha visto o filme (quase ninguém viu), mas eu voltei para casa com a ideia do "RPG" na cabeça.
Assim que cheguei comentei com meus dois amigos, Diego e Michel, sobre o RPG e um deles falou de um colega na rua ao lado que tinha um jogo assim. Chamamos o tal colega e no mesmo dia jogamos o nosso primeiro RPG: Tagmar. Morremos em menos de meia hora, mas adoramos o jogo. Durante dias ficamos jogando "Tagmar" sem nada. Só imaginando e contando histórias. Eu começava falando o motivo (ex: sequestraram nossas namoradas, o que faremos?) e eles iam completando com ações e assim íamos montando a nossa partida de Tagmar. Sem papel, livros, dados ou regras. Só imaginando e brincando.
Anos depois o garoto do meu colégio me vendeu o Aventuras Fantástica (lembro até hoje que foi R$ 10,00) e me emprestou o Desafio dos Bandeirantes (mais tarde ele me daria o livro). E então começamos a jogar para valer. Um dos meus amigos, Diego, até criou uma regra própria para mestrar um livro de contos de horror, o Contos da Cripta.

A partir daí conhecemos um camarada que tinha o D&D (caixa preta) e um que tinha o Dragon Quest. Este eu acabei comprando dele por também R$ 10,00 (ironicamente) e ainda ganhei um fichário de Monstros do AD&D 2ª edição. :dança:
Dali fomos conhecendo cada vez mais sistemas: AD&D, Vampiro, Shadowrun, G.U.R.P.S., Mulheres Machonas Armadas até os Dentes, Monstros, Lobisomem, 3D&T e Millenia.

Por ser saudosista, até hoje mestro AD&D. E por carinho sempre que estou com um grupo novo, ou iniciante, mestro a aventura O Poço dos Desejos, adaptada para as regras do AD&D.

Vocês lembram que eu coloquei no começo que o RPG mudaria a minha vida para sempre? Pois bem. Muitos amigos que tive no passado acabaram se envolvendo com drogas, ou com o crime. Graças ao RPG eu passava as minhas tardes e noites dentro de casa jogando e sendo considerando nerd (ou maluco) demais para andar com essa galera. O que foi bom para mim, pois a maioria não teve um final muito feliz. Enquanto eu estou aqui, graças à Deus e ao RPG.

Bem, é isso. Esta é a minha história de como eu conheci o RPG. :roll:

Avatar do usuário
Allefcapt
Mensagens: 2340
Contato:

Re: [Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua histór

Mensagem#77 » 22 Set 2013, 13:14

Anderson,
Excelente narrativa e depoimento.

E ter Tom Hanks como padrinho é sensacional e motivador.

"RPG: Aventuras Fantásticas: uma introdução aos role-playing games", Tagmar, Desafio dos Bandeirantes , Contos da Cripta e AD&D."
Uma trajetória de respeito.

E ainda mestra AD&D?
Rapaz, lhe desejo vida longa e recheada de sucessos decisivos.

Abraços,
"É o seu navio que faz o porto.
Lance ferros com sabedoria"

Twitter: @allefcapt / @spell_net
Diários do Capitão Allef: https://www.facebook.com/rodrigoallef.nunes
Aventura: http://www.alqadim.blogger.com.br/index.html

"Todo o homem é culpado do bem que não fez." Voltaire

Avatar do usuário
LeMalk
Mensagens: 19

Re: [Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua histór

Mensagem#78 » 23 Set 2013, 17:06

Bom, comecei com RPG antes de saber o que era RPG.

Sempre fui muito fã de livros, um dia, entre a 2ª e 3ª série (entre 98 e 99) , não lembro exatamente quando, passeando pela biblioteca da escola encontrei vários livros do Aventuras Fantásticas, na época, estranhei muito o modo que o livro era escrito, parágrafos fora de ordem e etc. Levei uns dias pra entender o como funcionava mas no fim acabei jogando todos. Pouco tempo depois fui apresentado ao mundo de Magic, troquei de escola e um colega mais versado no mundo do Magic me falou durante uma aula.

"Bora jogar RPG?"

Para mim RPG se resumia a Magic, então indaguei como jogaríamos sem os baralhos, e ele me disse.

"É simples, vamos resolver os conflitos no ja-ken-po, escolhe uma classe, guerreiro, arqueiro ou mago? E um poder agilidade, força ou resistência"

Acabei fazendo um guerreiro ágil e ele começou a mestrar, isso no meio de uma aula, sem dados fichas nem nada. Esse foi o primeiro contato "real" que tive com o RPG, sabendo o que era, viciei, como morávamos próximos, saíamos da escola e íamos pra casa dele jogar, ele me apresentou 3D&T que por muito tempo foi o sistema que mais joguei, GURPS e Trevas, isso foi o básico. Comecei a ir atrás do assunto, entrei da SpellBrasil na época, vivia no chat e jogando pelo RiPG, descobri os livros do D&D 3ª Edição numa livraria perto de casa e comprei todos, bem como meu primeiro D20. No 1º ano do médio me apresentaram Vampiro e desde então foi só crescendo, novos sistemas, complementos, vários grupos, vários amigos.

Atualmente, mantenho todos os livros adquiridos desde que comecei a jogar. Não tenho mais grupo por falta de tempo, mas vontade de jogar ainda existe. Lembro ainda quando comprei um Car Wars na extinta Siciliano e liguei os pontos que aqueles livrinhos que eu adorava a ler na 2ª série eram RPG.

Avatar do usuário
ronassic
Administrador
Mensagens: 1776
Contato:

Re: [Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua histór

Mensagem#79 » 26 Set 2013, 08:54

Muito bacana o depoimento de vocês galera! Só agora notei que nunca participei deste tópico... :sobrancelha:

Só tive chance de jogar alguns desses RPGs que vocês mencionaram, comecei com o AD&D mesmo... Foi em Março de 1989 numa noite na casa de um amigo de codinome Loremaster, me chamaram como se fosse pra jogar um jogo de tabuleiro, minha ficha nem fui em quem fiz, lembro que era um guerreiro. Morreu nos primeiros momentos da sessão. O narrador era o Zambuda, um dos melhores narradores que pude ter o prazer de conhecer e jogar.
Lembro que jogávamos domingo de manhã até a hora do almoço e muitas vezes voltávamos a jogar depois do almoço.
Lembro que não tínhamos livros originais, era só fotocópia (sou da geração xerox do RPG), e nem dados tínhamos direito, lembro que um dos narradores (DesertRider) só tinha dados feitos de papel, eram uns 5 copos e tínhamos que sortear o resultado pegando um papelzinho no copo, tosco mas era a única solução. Cheguei a jogar Hero Quest numa Retiro Espiritual da minha Igreja na época, mas aquilo não era RPG de verdade pra mim, era mais um jogo de tabuleiro.
Como onde jogávamos era do lado da igreja onde eu frequentava, uma vez o pastor de lá disse que eu não precisava mais ir à Igreja, que eu podia ficar lá com meus amigos, mas eu continuei jogando e indo na Igreja, e tocando meu barco. :roll:
Foram muitos anos de AD&D, depois conheci o Vampire, jogamos muito pouco, mas foi divertido, mas não era o RPG que a gente mais gostava, até porque nenhum dos narradores conheciam bem o sistema e a ambientação.
Conheci GURPS, tentamos jogar, mas era muita coisa nova pra aprender, e deu preguiça, tentamos jogar, mas não rolou.
Lembro de ter participado de TODOS os grandes eventos de RPG que ocorreram no Rio, e outros menores também. O melhor de todos foi o RPG Rio que ocorreu no Museu Nacional, outro muito bom foi um que ocorreu na Fundição Progresso, naquele dia eu até esqueci meu primo Psion lá, tivemos que voltar pra tentar encontrar ele, mas ele já tinha se virado sozinho, ele só tinha uns 12 anos, se não me engano.
Até que conhecemos o Allefcapt, e começamos a jogar juntos, a primeira impressão era que ele era um cara super sério, dava medo, depois vemos que era só marra, mas o jogo dele sempre foi tenso e não havia galhofas, uma esquina de um beco era mais tenso que muitas dungeons que eu havia jogado... Fui fisgado.
Desde então jogamos há 17 anos, a mesma campanha.
Após um tempo conheci o D&D 3.0 e o 3.5, e não largo mão mais... Já joguei diversos RPGs, mas gosto muito do meu D&D.
Comecei a mestrar por volta de 1999, mas anos antes mestrei em eventos de RPG, mas mesa minha mesmo de jogarmos várias aventuras só em 1999, e foi muito bacana, desde então sempre que pude estava mestrando, é uma experiência enriquecedora, vale a pena, recomendo muito!
"O topo da inteligência é alcançar a humildade."

Avatar do usuário
Allefcapt
Mensagens: 2340
Contato:

Re: [Sociedade] O RPG & Você - Como tudo começou? Sua histór

Mensagem#80 » 28 Set 2013, 15:16

Ola LEMALK,

"Bom, comecei com RPG antes de saber o que era RPG."
Rapaz, usei quase esta mesma frase em minha narrativa. Entendo o espirito.

"Sempre fui muito fã de livros, um dia, entre a 2ª e 3ª série (entre 98 e 99) , não lembro exatamente quando, passeando pela biblioteca da escola encontrei vários livros do Aventuras Fantásticas"

A leitura e a melhor porta de entrada. Ate mesmo para o exercício da imaginação.
E encontrar a obra de Jackson foi como ter ganho nesta loteria.

Os Cards Games servem também como porta de entrada. E raro encontrar isto mas aqui vejo que foi assim.
SPELLFIRE funcionou muito bem neste quesito.

"Comecei a ir atrás do assunto, entrei da SpellBrasil na época, vivia no chat e jogando pelo RiPG, descobri os livros do D&D 3ª Edição numa livraria perto de casa e comprei todos, bem como meu primeiro D20. No 1º ano do médio me apresentaram Vampiro e desde então foi só crescendo, novos sistemas, complementos, vários grupos, vários amigos."

Bom demais ler isto hein?
Mas um dos filhos da SPELL. :tsc:

"Atualmente, mantenho todos os livros adquiridos desde que comecei a jogar. Não tenho mais grupo por falta de tempo, mas vontade de jogar ainda existe. Lembro ainda quando comprei um Car Wars na extinta Siciliano e liguei os pontos que aqueles livrinhos que eu adorava a ler na 2ª série eram RPG"

Mantenha. E importante estar perto de sua historia.

Abracos,
"É o seu navio que faz o porto.
Lance ferros com sabedoria"

Twitter: @allefcapt / @spell_net
Diários do Capitão Allef: https://www.facebook.com/rodrigoallef.nunes
Aventura: http://www.alqadim.blogger.com.br/index.html

"Todo o homem é culpado do bem que não fez." Voltaire

Voltar para “RPG & Sociedade”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes