Tipos de Robôs

Moderador: Moderadores

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#1 » 10 Mar 2009, 20:46

Agora que o sub-forum está criado, que as regiões já estão sendo trabalhadas e tudo está andando, está na hora de pensarmos nos "cidadãos" do novo mundo.

Algo que já está claro, há dois tipos dominantes de robôs, os robôs, e os bio-robôs.

Bio-robôs, até agora, são robôs que estão querendo se tornar seres vivos, tem uma consiência proxima da humanidade, e implantaram proteses organicas em si mesmos, para tornarem-se vivos. Como as partes orgânicas tem "tempo de vida", as maquinas com uma parte maior de implantes orgânicas, podem se tornar mortais. Precisam se alimentar, descansar (talvez, respirar), para abastecer as proteses orgânicas, também dependem de uma fonte de energia externa, para recarregar suas baterias. Não são afetados por P.E.Ms, e sua I.A. é superior aos robôs convencionais.

Robôs, são maquinas que, podem ser ainda versões arcaicas - ultrapassadas - ou maquinas com uma linha de raciocinio diferente dos bio-robôs. Eles ainda preservam-se 100% máquinas, são virtualmente imortais e mais resistêntes a diversos tipos de dano. Nunca se cansam, não precisam se alimentar, respirar ou dormir, mas dependem de uma fonte de energia externa, para carregar suas baterias. São totalmente afetados por P.E.Ms e sua I.A é inferior a dos bio-robôs.

O cérebro positrônico:
O cérebro postirônico é o responsável pelas I.As, imitando perfeitamente (talvez numa forma mais radical, ou mais "ao pé da letra") a inteligência humana. Bio-Robôs, possuem um Cérebro Positrôncio superior (talvez por implantes orgânicos, ou algo mais) que se liga melhor as suas partes orgânicas.
Esse item precisa ser melhor trabalhado.


Isso foi o que pensei até agora, talvez possa haver mais de dois tipos de robôs, superiores, inferiores, etc.
Alguns bio-robôs "perfeitos" que estejam quase "humanos", enfim, vamos debater sobre isso.

A parte dos humanos, vamos pensar em outro tópico, pois acredito que eles precisam ser MUITO bem trabalhados...
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#2 » 16 Mar 2009, 01:20

Aluriel de Laurants escreveu:Podiamos ter humanos seguindo o caminho reverso sendo quase máquinas tirando o fato de ainda possuírem cérebro humano, poderiam haver alguns humanos a la robocop por aí.


Essa é uma idéia bastante interessante, a robotização humana. Isso pode ser muito discutido, na parte que tange os humanos. Implantes biônicos, além de sere estilosos ( :cool: ), condizem com uma certa parte do cenário.
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Venificina
Mensagens: 76

Tipos de Robôs

Mensagem#3 » 16 Mar 2009, 10:30

Podemos por uma leve intolerancia, ou talvez uma rixa entre os Robos de Verdade e os Bios Robos..

Os Bio Robos podem ter a sua A.I. levemente modificada graças aos implantes organicos, quem sabe modificando eles o suficiente para os robos acharem que eles estão sendo "bonzinhos"de mais com os humanos ou algo do genero ...
Fotos aleatorias e textos sem sentidos
http://www.fotolog.net/venificina

Textos aleatorios e resumos sobre livros que eu já li..
http://venificina.wordpress.com/

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#4 » 16 Mar 2009, 18:37

Venificina escreveu:Podemos por uma leve intolerancia, ou talvez uma rixa entre os Robos de Verdade e os Bios Robos..

Os Bio Robos podem ter a sua A.I. levemente modificada graças aos implantes organicos, quem sabe modificando eles o suficiente para os robos acharem que eles estão sendo "bonzinhos"de mais com os humanos ou algo do genero ...


Também acredito que tal preconceito surja, uma vez que as bio-maquinas estejam mais para seres vivos do que maquinas.
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#5 » 19 Mar 2009, 22:32

Dragão de Bronze escreveu:A idéia dos implantes gera ainda uma outra questão interessante: que ponto separa o cara que está se otimizando ao colocar implantes e o cara que está se tornando um robô? Aquele que, de humano, só tem o chassi...
E com essa, quem sabe, mudanças de pensamento.


Pois é. Da mesma forma que alguns robôs estão partindo pra tornarem-se orgânicos, há humanos seguindo o caminho inverso da coisa, tornando-se cada vez mais maquina. E um dia tornar-se sujeito a grande rede.

NeverSleep escreveu:
Precisam se alimentar, descansar (talvez, respirar), para abastecer as proteses orgânicas, também dependem de uma fonte de energia externa, para recarregar suas bateria.

Eles precisam descansar menos que os humanos e de menos energia do que robos convencionais, ou seja: tempo de recarga menor?


Sim, digamos que ele precise se alimentar apenas de 50% daquilo que um humano precisaria (ou menos, dependendo da quantidade de implantes biológicos que ele possuir), e precise de apenas 50% de energia para sua bateria (também, variando para mais, e para menos, dependendo do quão maquina ele ainda é).

NeverSleep escreveu:O cérebro dos bio-robôs poderia ter mudado algo na IA e fazer ele ter "evoluído" mais devido as sensações diferentes proporcionadas pelas partes orgânicas, que tira um pouco da lógica computacional e dá mais uma espécie de intuição (como o fato de seres-humanos identificarem formas mais rápido e tal).


Isso é uma excelente idéia, que faz do bio-robô, talvez alguém mais evoluido do que uma maquina, e mais evoluido do que um humano. Sendo, talvez, o melhor dos dois.
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#6 » 20 Mar 2009, 10:56

Exato! O tempo necessário para ele se reabastecer, varia da quantidade de implantes orgânicos que ele possui, mas acredito que uma média seria essa, 50%, se comparado a um humano puro.

Em tempo, estou pra abrir o tópico sobre os humanos, pois eles estão cada vez mais influentes neste tópico.
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#7 » 11 Mai 2009, 22:45

Seu_Madrüga escreveu:Pensando mecanicamente, um humano com implantes poderia ser mais vulnerável a vírus, tentativas de dominação computadorizada, pulsos eletromagnéticos e dano por eletricidade. E assim por diante.


O que faria da espécie ainda mais vulneravel as maquinas. Mas, como ser humano, ele sempre acha um meio de se superar.

Aluriel de Laurants escreveu:Sim o que abre plots interessantíssimos, afinal sempre é interessante hackear os olhos de alguém.


Concordo.

Aluriel de Laurants escreveu: Acho que poderíamos sim ter robôs com intuição e coisa assim, mas é algo estranho e ainda não bem desenvolvido, alguns biorobôs poderiam se viciar em sensações mundanas, já que o prazer poderia conflitar com seus sistemas computacionais.


O que faria deles mais humanos. Isso faria eles conflitarem com uma de suas leis básicas evolutivas, não?
Tendo em vista que Bio-robôs tem um pensamento mais "greenpeace".

Aluriel de Laurants escreveu: Quanto aos humanos máquina, poderíamos ter grupos humanos criando divisões internas por causa disso, com humanos mais conservadores desaprovando e temendo uma traição por parte dos humanos "tunados", mas mesmo assim aliados, por uma questão de conveniencia.

Da mesma forma que Robôs e Bio-Robôs não se misturam.

Seria essa uma nova facção? Humanos ciborgues contra humanos?
Se for assim, já há quatro tipos de especies: Humanos, Humanos cibernéticos, Robôs e Bio-Robôs.
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#8 » 12 Mai 2009, 22:01

Este é um dos pontos mais interessantes dos bio-robôs. O é o limite deles entre a maquina e o homem.
Bio-Cidades mais avançadas (pois nem todas evoluem na mesma velocidade, ou não foram fundadas na mesma época) poderiam ter bio-robôs neste limite. Com implantes orgânicos suficentes para fazê-los terem sentimentos, sensações e se tornarem até mortais.
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Super-Soldado
Mensagens: 4

Tipos de Robôs

Mensagem#9 » 20 Nov 2009, 12:43

Poderia haver bio-robôs que fossem parte animal ao invés de humano. Eles serviriam para alguma função específica na qual aquele animal fosse útil, como "cães de guarda" (não necessariamente cães; poderia haver onças-robôs patrulhando as florestas das reservas naturais dos robôs). Eles teriam inteligência de sua parte robô, mas sua personalidade seria fortemente influenciada pelos instintos do animal (semelhante aos Dinobots).
A lealdade como crença,
A disciplina como valor,
A coragem como hábito,
A missão como destino!

Avatar do usuário
Lumine Miyavi
Mensagens: 6366
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#10 » 20 Nov 2009, 14:11

Animal/Máquina não pode?

Imagem

Imagem

Imagem
ImagemImagemImagem
Let's Play de FF8! \o\ Adaptações do Lumine! [d20!]
Cidadeando o Tarrasque!
Blog do Lumine, PhieLuminando!
Avatar Atual: Lumine, Mega Man X
[lumine]Nível de fabulosice[/lumine]: >[lumine]8000[/lumine]
Não, suas opiniões não estão certas. Não são as minhas. ♥

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#11 » 23 Nov 2009, 19:03

Uma idéia de Bio-Robôs animais, servindo como patrulheiros dá um novo animo e uma nova gama de ferramentas.

É algo que pode ser trabalhado com excelência.

Mas, dado o pensamento "Green-Peace" dos Bio-Robôs, eles iriam implantar componentes em animais vivos, criar animais sintéticos ou mecânicos, ou criar máquinas (como eles) e ir subistuindo componentes mecânicos por biológicos?
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#12 » 23 Nov 2009, 19:28

Uma ótima idéia.
Visto que a idéia deles é erradicar o "cancer" do mundo, ajudar animais terminais a terem uma nova chance (e ainda assim, reaproveitar o "chassi" dos bichos) é algo que condiz com o conceito.

Outra:
Poderá haver dois tipos de Bio-Animais:
Os animais que precisaram dos implantes para ter uma nova chance, e esse são mais empregados como animais de estimação, auxilio (como cães e cavalos), e patrulha.

E animais "mecânicos" criados do zero como os Robôs, e esses com algumas proteses bionicas (e até mesmo o cerebro positronico, conferindo uma inteligência e um raciocinio elevado pra máquina), com o intuito de proteção, guarda e demais usos.

As duas gamas são praticamente infinitas.
Poderia haver "veterinários" especializados em recauchutar animais, e montadoras pra outra vertente.

Sendo que, o pensamento, na primeira opção, é sempre conferir uma qualidade de vida melhor para o bicho (assim como são os bio-robôs e seu pensamento para com o mundo).
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#13 » 23 Nov 2009, 19:54

Fora que, em muitas partes do mundo (como discutido em outros tópicos do cenário) alguns humanos são "arquivados" para estudo.

Mas, de tudo o que foi discutido até agora, os robôs dão realmente mais atenção a animais do que seres vivos, uma vez que, a primeira "leva" deles tentou erradicar a humanidade (algo que ainda está em discussão).

E, por vezes, já passei por esse paradoxo :tsc:
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#14 » 30 Jul 2010, 11:30

Seria a construção de uma consciência artificial? Tipo, o "EU" se perdeu faz tempo, mas a memória continua.

Alias, na minha opinião, acho que a única coisa que faria a pessoa deixar de existir (perder a prórpria consciência, por assim dizer) seria ela perder/substituir o cérebro.
Então, acredito eu, que todos os orgãos poderiam ser substituido, e chegar na imortalidade, como disse o madruga, se o cérebro fosse mantido.
Aquele abraço!

Avatar do usuário
Bahamute
Moderador
Mensagens: 2051
Contato:

Tipos de Robôs

Mensagem#15 » 30 Jul 2010, 13:47

Cai também no fato do conhecimento difundido. Com memórias alheias, o receptador poderá até aprender possíveis habilidades que o fornecedor tinha.
Aquele abraço!

Voltar para “Cenário Futurista da Spell”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante