Religião - Tópico permanente.

São movidos para cá os posts ou tópicos que seriam excluídos do fórum.
Avatar do usuário
Hallion
Mensagens: 29
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#916 » 20 Fev 2011, 19:03

Elven Paladin escreveu:Não tenha uma reação exagerada, Eltor. Eu e o Hallion (presumo, no caso dele) não negamos nenhuma dessas afirmações, mas sim que no caso específico do Bolsonaro, não dá para citar nem a "bancada evangélica" (Bolsonaro já se declarou católico) e nem a "bancada católica" (Ele não é parte dela) como responsáveis pela posição dele.


Fiz minha afirmação pois não vi pregação religiosa, argumento que as bancadas religiosas provavelmente usariam muito mais facilmente.

Eu nem sabia que o Bolsonaro era católico...

Elven Paladin escreveu:Eu sei que não é essa intenção, mas essa me parece a atitude mais saudável quanto ao assunto. Seria muito mais razoável se eles fossem deixados de lado, com direitos iguais a qualquer outro cidadão e que possam viver suas vidas como interessa a eles, sem religiosos perdendo seu tempo de "salvá-los do inferno" e sem secularistas os vendo como "one-winged angels" incapazes de reagir e se virarem sozinhos.


Uma das coisas que gostei da matéria que o Eltor passou foi a entrevista do Jean Wyllys (não tinha vogal no teclado?), que tratou a situação como uma lacuna de direitos de homossexuais (como a união civil).

Ele até disse que "Essa lei não vai proibir ninguém de continuar odiando homossexual, para aqueles que odeiam. ", o que me surpreendeu bastante :aham:.

Avatar do usuário
Hallion
Mensagens: 29
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#917 » 20 Fev 2011, 20:50

Skar escreveu:Quanto a atitude do Bolsonaro é honesta pelo menos só isso já vale uns pontos o cara não gosta e não quer ponto.


Sinceridade não é motivo para um argumento ser bom ou não, especialmente no caso do Bolsonaro. Por maior que seja a sinceridade a postura do cara não querer e ponto pode prejudicar na obtenção de direitos válidos para os homossexuais (união civil, por exemplo).

Skar escreveu:Uma coisa é o kit gay ser usado para não descriminar outra sei lá não consigo imaginar um garoto da 5 série já sendo capaz de dizer se é gay transexual ou seja lá o diabo que for. Evitar a homofobia é uma coisa tornar as relações homoafetivas num país que é em sua maioria preconceituoso e religioso até o osso perfeitamente normais num ambiente de escola é chamar para uma série de atos de violência.


Mas o material não é destinado ao aluno, é destinado a quem trabalha com eles. Pelo que entendi a função dele é ajudar o professor a lidar com alunos homossexuais, quando eles precisarem de ajuda, inclusive nos atos de violência (que podem acontecer com ou sem os kits).

A Época poderia falar mais disso em vez de "querer dar uma chance aos dois lados" entrevistando o primeiro reaça que apareceu no caminho, mas enfim :hum:

EDIT: mudei duas palavras só :P
Última edição por Hallion em 20 Fev 2011, 20:54, editado 1 vez no total.

Avatar do usuário
Yugoloth
Mensagens: 483

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#918 » 10 Mar 2011, 20:17

Justiça ordena UOL a retirar do ar game considerado ofensivo aos muçulmanos

O jogo virtual Faith Fighter (Lutadores da Fé) deverá ser retirado do “Clickjogos”, site de games do UOL, por suposta afronta religiosa. A decisão de tirar o jogo de luta do ar partiu da 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, em votação unânime. A informação da sentença foi publicada na terça-feira (9/3).

A Justiça decidiu retirar a multa que o provedor teria que pagar por manter o game na web por entender que não existem cenas com atos lesivos que justifiquem o pagamento de dano moral coletivo. A ação contra o UOL é movida pela Mesquita Muçulmana de Barretos, município do interior paulista, que alegou que o Faith Fighter atinge a imagem de Maomé, líder da religião islâmica.

Com a mensagem de que “é um jogo sobre tolerância", Faith Fighter é um game de lutas entre líderes religiosos. Entre os combatentes estão Jesus Cristo, Zeus, Buda e o próprio Maomé. Ao perder o jogo, o participante recebe a informação de que “não respeitou uma religião e agora o mundo é uma total bagunça".

Fonte
Anonymous
"Alguém, em algum lugar, está se divertindo jogando um jogo que eu não gosto, e eu não suporto isso."

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#919 » 10 Mar 2011, 20:58

Yugoloth escreveu:Justiça ordena UOL a retirar do ar game considerado ofensivo aos muçulmanos

O jogo virtual Faith Fighter (Lutadores da Fé) deverá ser retirado do “Clickjogos”, site de games do UOL, por suposta afronta religiosa. A decisão de tirar o jogo de luta do ar partiu da 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, em votação unânime. A informação da sentença foi publicada na terça-feira (9/3).

A Justiça decidiu retirar a multa que o provedor teria que pagar por manter o game na web por entender que não existem cenas com atos lesivos que justifiquem o pagamento de dano moral coletivo. A ação contra o UOL é movida pela Mesquita Muçulmana de Barretos, município do interior paulista, que alegou que o Faith Fighter atinge a imagem de Maomé, líder da religião islâmica.

Com a mensagem de que “é um jogo sobre tolerância", Faith Fighter é um game de lutas entre líderes religiosos. Entre os combatentes estão Jesus Cristo, Zeus, Buda e o próprio Maomé. Ao perder o jogo, o participante recebe a informação de que “não respeitou uma religião e agora o mundo é uma total bagunça".

Fonte


Esses muçulmanos não suportam lugares com liberdade de expressão mesmo... Mas, são religiosos, se pudessem ser convencidos com lógica não seriam religiosos. Hum, já disseram isso antes, né?

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#920 » 10 Mar 2011, 21:06

Iuri escreveu:
Mas, são religiosos, se pudessem ser convencidos com lógica não seriam religiosos. Hum, já disseram isso antes, né?

Normalmente eu não comento os comentários do crude, mas eu sei que tem muito ateu que realmente pensa isso.
Se alguem conseguir me dar uma argumentação totalmente lógica de que ser religioso é totalmente fail (sem usar religiões especificas), ganha uma passatempo.


De que sabor?

Avatar do usuário
Sampaio
Mensagens: 2113
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#921 » 10 Mar 2011, 21:27

Se alguem conseguir me dar uma argumentação totalmente lógica de que ser religioso é totalmente fail (sem usar religiões especificas), ganha uma passatempo.


Juro que eu consigo e sem muito esforço.

Quer dizer... Vc está querendo dizer "demonstre que não existem motivos lógico-racionais para ser religioso", certo? Não que ser religioso implique em ser irracional em todas as coisas da vida, pq isso obviamente não é verdade.
Spell: não somos bonzinhos, somos sinceros!
http://www.spell.net.br/portal/index ... &Itemid=72

Perguntem qualquer coisa lá:
http://www.formspring.me/Pedrohfsampaio

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#922 » 10 Mar 2011, 21:50

Iuri escreveu:A escolha do vencedor.

Droga, respondi pro crude de novo.


Que preconceito contra minha pessoa. Vou fundar uma Igreja Crudista e processar você por discriminação. ^_^

Normalmente, as pessoas religiosas coexistem pacificamente. Você nem precisa saber que tambor elas batem pra conviver socialmente.

Você compra coisas delas, discute idéias, discorda, concorda...

Quando uma pessoa mostra sua religião às outras, é como se estivesse falando de suas partes pudendas. Protege, justifica, tira o seu da reta, fala mil maravilhas... E deixa os maus exemplos, os radicais, os que aparecem nas notícias fazendo vexame, os ladrões, os estupradores, os ingênuos que insistem que sua fé mesmo sendo usada para fins malévolos ou mundanos deve ter direito de ser exercida sem restrições completamente fora de seu escudo.

Não estamos falando de algo como gostar ou não de uma religião, ou de bundas desnudas, vadiagem no big brother e axé no carnaval.

Eles gostam de fingir que se respeitam quando algo maior, a liberdade de expressão laica do estado de direito democrático os assenta no mesmo palanque.

É só adicionar poder e massas de manobra que qualquer religião ou falta dela, diga-se de passagem, mostra as garrinhas de sua natureza nada divina, castrando clítorises e prepúcios, apedrejando mulheres, tacando fogo em bruxas e chamando crianças de feiticeiros, sem falar no culto à carga, que é praticamente o cúmulo do absurdo em que a mente humana se meteu aproveitando a religiosidade em sua evolução...

Não precisa ser o Spock e tratar a razão como uma religião, mas evitar esses caras já faz um tremendo bem pra sua cabeça. Sério.

Por essas e outras, antes de apostar biscoito contra ateus, prepare o Visa pros mariachis não fazerem flashmob em você. :)

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#923 » 10 Mar 2011, 22:13

Iuri escreveu:Não apostei biscoito contra ateus, apenas propus um desafio para qualquer um, ateu ou não (eu não sou religioso também). Você pode tentar também. E eu não tenho medo de mariachis porque não sei o que são :linguinha:


Não sabe o que são mariachis, nem leu a minha mensagem por puro preconceito e arrogância contra trolls. Estou profundamente ofendido. :furioso:

Vou resumir pra você: Religiões falham porque levam humanos a serem liderados por motivos obtusos de outros humanos, sem chance de discussão ou argumentação em contrário perante o sagrado, que na verdade não passa de fumaça e espelhos, truques baratos que funcionam desde a idade da pedra pra favorecer pessoas que não trabalham ou não queriam trabalhar com a desculpa de que eram responsáveis pela religação do mundano com o divino... Religião.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mariachi

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#924 » 10 Mar 2011, 22:29

Emil escreveu:Tem que ver isso aí. Se o Iuri tiver que ler todas as bobagens que vão escrever, alguém tem que dar passatempo pra ele também.


Que legal. Bom, de fome ele não morre.

Avatar do usuário
Armitage
Mensagens: 1056

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#925 » 10 Mar 2011, 23:04

Crude escreveu:Vou resumir pra você: Religiões falham porque levam humanos a serem liderados por motivos obtusos de outros humanos, sem chance de discussão ou argumentação em contrário perante o sagrado, que na verdade não passa de fumaça e espelhos, truques baratos que funcionam desde a idade da pedra pra favorecer pessoas que não trabalham ou não queriam trabalhar com a desculpa de que eram responsáveis pela religação do mundano com o divino... Religião.

Acho que isso se aplica bem ao ocidente, mas não tão bem ao oriente. O Budismo, por exemplo, prega que você só deve aderir àqueles ensinamentos que concordar. Se não concordar com nenhum, beleza também - o importante é você seguir sua própria razão.
A "boa arte" nada mais é do que a "modinha da vez", ditada pelos atuais diretores do clube da luluzinha da vez. Troca-se os diretores (ou o clube da luluzinha), e troca-se a definição de "boa arte".

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#926 » 10 Mar 2011, 23:20

Iuri escreveu:Crude, você está confundindo religiões com instituições religiosas.
E muitas religiões permitem (mesmo as que não incentivam) sim a discussão e argumentação de certos dogmas. É por causa dessas discussões que acontecem certas cisões, inclusive.


Ah sim, as religiões caíram do céu direto nas cabeças dos crentes, né mesmo? Foi você que pediu argumentos contra todas elas.

Só há algum respeito entre religiões quando todas são tratadas pelas pessoas que as professam como coisa pessoal, de dentro do templo, e da boca pra dentro.

Assim, com a liberdade que o estado secular dá a todas, elas fingem que não vão se matar como faziam antigamente, logo quando aparecia uma cisão, os hereges eram crucificados ou espancados mesmo.

Tudo que há de bom nas religiões pode ser feito sem a necessidade delas; Caridade, altruísmo, busca pela paz interior... O problema é que os caras calmos e ordeiros, como você, acham que esse ninho de cobras pode ser medido e ditado pelas coisinhas bonitas que eles dizem pra atrair trouxas como abelhas ao caldo de cana com pastel de queijo prato.

Faz menos de uma semana eu acho, mataram a tiros um camarada no Paquistão que era favorável a reformas na lei da blasfêmia deles...

Deu poder, ferrou. Toda religião vira uma corrupção e corrida pelo poder só.

Silva escreveu:Acho que isso se aplica bem ao ocidente, mas não tão bem ao oriente. O Budismo, por exemplo, prega que você só deve aderir àqueles ensinamentos que concordar. Se não concordar com nenhum, beleza também - o importante é você seguir sua própria razão.


Ah, o budismo é bonzinho e legal porque não se mete com política. De certa forma nem é religião, é quase filosofia bruta. Não tem deuses, não tem papas, nem imãs, nem nada. Todos os monges são ascetas, um termo muito interessante pra dizer "mendigo com moral".

Quem me dera todas as religiões fossem assim. Não teríamos meninas sem clítoris em países muçulmanos nem padres pedófilos nas catequeses mundo afora. E eu não estaria aqui discutindo essa merda ao invés de exercitar meu português com cousas decentes pra escrever mais oito páginas de Word pro meu conto ridículo.

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#927 » 11 Mar 2011, 00:13

_Virtual_Adept_ escreveu:Qualquer um que concorde com o crude nesse aspecto precisa se lembrar de uma ressalva:

Lógica pode ser construída com base em qualquer axioma. Empiricamente, não existe raiz de números negativos, mas, dados certos axiomas, isto se torna possível.

Então, argumentar que é necessário ser ilógico ou irracional para se ter uma crença religiosa é... irracional. Eu posso partir de princípios diferentes dos de vocês e chegar a uma conclusão igualmente lógica, válida e concisa, que envolva teísmo.



E ainda que se fale em empirismo, certas ciências também são construídas sobre coisas que ainda não podem ser analisadas empiricamente, e, se podem, ainda não foram.

Não é à toa que utilizam o termo "modelo" para diversos estudos: porque usamos modelos, baseados em ideias lógicas, de "objetos" reais. Estes modelos estão sujeitos a mudança, e não dá para se dizer que um dia representarão perfeitamente o objeto de estudo.

Não quero insinuar que o conhecimento científico é equivalente a conhecimento religioso, ou que o conhecimento científico é inválido. Estou apenas mostrando que as críticas dadas não fazem tanto sentido quanto se apregoa.


Certamente que a lógica da ótica da nossa realidade, com a qual eu chamo as religiões de coisas caquéticas e corruptas, não é a mesma das épocas que impeliu e manteve povos unidos sob uma mesma fé, o que salvou por exemplo os judeus de serem massacrados e divididos, ou os indianos de acreditar no que Gandhi ensinou e se libertarem do jugo inglês, ou ainda o que mantém os ciganos perpetuando sua tradição.

É quase como se eu precisasse ser hipócrita e cuspir no prato em que toda a raça humana comeu, pra justificar odiar religiões argumentando com tudo que elas tem de ruim para contrabalancear o que elas tem de bom, nos tempos atuais.

Pra mim, é como um dente do siso ou um apêndice. Tem gente que passa a vida toda e não tem problemas com eles sendo vestigiais, e ainda os cientistas achando um ou outro uso, muita gente se livra assim que começam a ameaçar suas vidas.

Mas como argumento mais simplório, posso me deter no simples "as religiões não gostam de discussão quando tem o poder de calar os que falam contra". Isso é falta de ética, executada com retidão mesmo por ditadores que não se ligam muito em rezar pra entidade alguma em seu tempo livre, e absolutamente presente quando a fé cega está no comando.

E se alguém quiser dizer que isso é coisa normal e maneiraça, necessária em qualquer tempo da humanidade e impossível de retirar da humanidade por conta dos benefícios que traz ao controlar a todos desde crianças em seus inconscientes, eu dou o braço a torcer.

Se formos analisar caso a caso cada religião dessas que se vestem de pacíficas e ordeiras quando necessário mas quebram pau bonitinho quando ameaçadas, vai acabar dando na mesma.
Iuri escreveu:No máximo tu falou sobre barbáries cometidas em nome de religiões, mas a não ser que você esteja insinuando que ter uma fé seja o motivo destas pessoas terem feito estas coisas, então você ainda não respondeu a minha pergunta inicial.


"A não ser que eu esteja insinuando"? Cara, você não sabia nem o que era Mariachi, aproveite e vá pesquisar por aí sobre umas tais Cruzadas. Ou a Inquisição. Ou as Guerras Santas que certos indivíduos que professam a religião da paz fazem contra pessoas que os ofendem com palavras, oferecendo dinheiro pelas cabeças dos blasfemos.

Talvez eu esteja apelando demais. Mas eu sendo livre para pensar e agir, não consigo ver boa coisa nessa gente que põe vendas nos outros, os oprimem e ainda tenho que ouvir que eles gostam disso, e não querem mais nada da vida senão servir ao amigo imaginário ou os que o representam na terra...

Você consegue beber desse cálice cheio de fel sorrindo, apreciando o sabor? Eu não.

Que coisa. Parece até que estou sendo trollado.

Avatar do usuário
Armitage
Mensagens: 1056

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#928 » 11 Mar 2011, 00:38

Acho que ninguém concorda muito com o que o Crude está dizendo.

Eu concordo. (se é que eu realmente entendo o que ele está dizendo XD )
A "boa arte" nada mais é do que a "modinha da vez", ditada pelos atuais diretores do clube da luluzinha da vez. Troca-se os diretores (ou o clube da luluzinha), e troca-se a definição de "boa arte".

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#929 » 11 Mar 2011, 00:53

Silva escreveu:
Acho que ninguém concorda muito com o que o Crude está dizendo.

Eu concordo. (se é que eu realmente entendo o que ele está dizendo XD )


Engraçado como me pediram lógica pra justificar N coisas e depois chutaram pro alto dizendo que axioma lógico qualquer malabarista de semáforo faz. Dá vontade de xingar palavrões cabeludos.

Eu estava a fim de discutir a sério aqui, não estou trollando mas o pessoal insiste em me testar o tempo todo! Assim meu corpo caloso fica com calos mesmo, e já estou com dor de cabeça nos dois hemisférios de tanto articular sinônimos escrevendo em português arcaico pra simular gente de tempos antigos dum cenário de RPG...

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#930 » 11 Mar 2011, 08:40

_Virtual_Adept_ escreveu:Me perdoe, crude, mas falta de ética é essa generalização grosseira de quem, aparentemente, só conhece as religiões abraâmicas (e nem as religiões abraâmicas são sempre como você está descrevendo).

Negativo, você veio afirmar que o raciocínio religioso é um raciocínio ilógico, quando essa afirmação é exagerada, e falsa. Ninguém aqui chutou o balde da lógica - ela é importante. Mas você se ilude ao pensar que você pode se aproveitar apenas dela para chamar religiosos de qualquer coisa.

Eu estou te testando, crude. Testando suas capacidades argumentativas.


Tudo o que eu estou dizendo é que você está sendo reducionista, generalista, e imprudente. A religião, assim como a ciência, também é fruto de um raciocínio lógico.
Concordo, porém, que essa lógica vai, muitas vezes, contra o empirismo (como no caso das pessoas que acreditam em criacionismo), ou são ilógicos, mesmo (quando não possuem a menor coesão, como acreditar num Deus de puro amor que vai condenar para a toda a eternidade recém-nascidos não batizados).

Mas eu não generalizaria como você o fez.


A generalização exagerada foi usada para fins de dramaticidade. Como exporam no caso do Budismo, não dá pra botar todo mundo num balde só -- É necessário esmiuçar todos os pormenores para mostrar pela lógica, ou falta desta, como tudo que a religião traz de bom não precisaria trazer o que há de ruim nela.

Não é preciso muito esforço; As pessoas que têm liberdade para trocar de religião sem ser perseguidas, discriminadas, tachadas de hereges e excluídas do convívio social de seus próprios familiares por ordens de líderes religiosos podem te dizer mais sobre o lado ruim delas do que eu.

O que é bom para o indivíduo e para todos é que deveria ser exaltado e mostrado, sempre. É a coisa mais simples que posso demonstrar sem jogar pedras em ninguém, aceitando que a religião consegue apertar os botões mais íntimos das pessoas.

Mas é inefetivo. A religião, que prescinde do oculto e do divino, se especializou no trato do humano e mundano. Por mais caridade e bondade que se espalhe sob as vestes das religiões, a corrupção de seus membros por vezes não pode ser questionada ou julgada, por diversas armadilhas que o poder que lhes foi dado para espalhar as coisas boas e úteis proporciona.

Observe que enquanto você pode criticar a ciência e os cientistas, discordar e mesmo assim usar dela para se beneficiar, ela permanece neutra.

Com a mesma ciência que se cria curas e remédios se fazem bombas e venenos.

Daí, o único elemento que causa a variação do bom/mau uso da ciência e da religião é o ser humano.

A diferença mais crassa é que normalmente a ciência floresce onde há liberdade, enquanto a religião oprime quando cresce. Seja pela pressão para pertencer a algum grupo, usar os costumes comuns a todos em seu círculo social, etc.

Repetindo, o problema não é com as pessoas que desejam paz, espalham bondade e fazem caridade, ou mesmo dão de ombros quando se vêem cercadas por outras religiões... É com os radicais, ditadores e opressores que usam da religião o que há de pior.

A comparação com os ideais da ciência é bem injusta, e deve ser ressaltada. A ciência descobre e desvenda o mundo; O que se fará com o que descobrimos não é problema dela.

A religião diz ter todas as respostas para todas as perguntas, mas não permite que se mexam em seus livros sagrados.

O que mais me ofende, é que examinando as engrenagens de ambas, eu posso desmontar toda a ciência e refazê-la como coisa mundana em qualquer lugar do mundo.

Até onde a religião oprime mais fortemente.

A religião se diz sempre vinda de algo superior, mas nunca passam de palavras em livros velhos se dizendo mais que isso... Ao contrário dos livros velhos da ciência, que estão quase sempre pedindo que você os conserte, ou use enquanto funcionarem para resolver seus problemas mundanos.

Se você pode e vai usar os argumentos certos pra quebrar as generalizações apressadas que fiz, não perca seu tempo e comece sendo específico pelo ponto que quiser, pra que eu mostre o que sei sem parecer pedante ou arrogante.

Escolha aí uma religião qualquer. Apontar meus exageros é como dizer que o cíclope tem um olho só, pra dizer depois que ciclopes não existem e que estava só me testando.

Ao menos agora eu sei que não estão me trollando. Ufa.

Voltar para “Arquivo Morto”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante