Religião - Tópico permanente.

São movidos para cá os posts ou tópicos que seriam excluídos do fórum.
Avatar do usuário
Batousa
Mensagens: 1345

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#931 » 11 Mar 2011, 10:58

Mas Iuri, para se discutir religião, voce deve falar das instituições religiosas, afinal elas são o corpo da religião, elas que ditam as regras que os fiéis "devem seguir".

Voce simplesmente acreditar em algo, como o Divino por exemplo, não te torna um religioso. Para se tornar um religioso, voce deve adotar os dogmas de certa religião. Em muitos casos significa ir a templos, participar de ritos e etc.

E não, eu nao estou concordando e nem discordando do que o Crude disse, pq ele escreve demais, e eu acesso a Spell do serviço.
Imagem

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#932 » 11 Mar 2011, 12:23

Iuri escreveu:De novo (só pra ver que estou lendo...): você está tomando uma posição contra instituições religiosas, não contra religiões. Sua opinião sobre política é que ela deveria ser extinta da face da terra, só porque os políticos são uns merdas? Isso é uma visão deturpada do conceito mais amplo que é "religião". Você está tomando o todo pelas partes, e o que é pior, só por algumas partes que nem são essenciais para a existencia do todo (já que é possivel existir religião sem instituições), ou seja, está "tomando o todo pelos acessorios". Mais falacioso impossivel (mas não encare isso como um desafio).

Ja fui bastante claro no ponto especifico que eu quero que tu ataque. Mas posso reformular se tu não ta entendendo: Porque acreditar na existência do sagrado é ruim para o ser humano?


Falacioso? Como o Batousa ressaltou, e eu já disse, religiões não caem do céu nas cabeças do crentes. Precisam ser injetadas pelos seus representantes. Sem representantes, sem divindade. Sem pessoas não há amigos imaginários. Somos humanos, temos amigos imaginários parecidos.

Eu estava com uma dificuldade de sintetizar respostas curtas, por ter acelerado o vocabulário de pensamento pra escrever fiquei muito falastrão. Desculpem.

Vou usar um conceito simples, do Craig Mc Cracken. "Adultos não devem ter amigos imaginários."

Usar divindades como muletas para suas conquistas só te torna uma criança com corpo de adulto.

Aproveite os conselhos, a sabedoria, a coragem. Aprenda, cresça.

Mas não dê ouvidos a quem insiste que seu amigo imaginário pessoal é quem manda em tudo, como um valentão de pátio de escola.

Isso não é bom pra você porque te torna dependente pra vida toda de algo que só existe dentro da sua cabeça.

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#933 » 11 Mar 2011, 13:22

Vocês estão me fazendo malhar o cérebro legal. Vamos lá, espero não ter mutilado seus posts muito.

_Virtual_Adept_ escreveu:1- "Dramaticidade"? Então eu posso afirmar, por fins de dramaticidade, que todo RPGista é fumante, me baseando, por exemplo, no Joshua_Crow?

2- Sério, com que frequência isso acontece? Você foi excluído do seu convívio familiar? Seus amigos deixaram de falar com você?
Não vou dizer que isso nunca acontece, mas parece que exageram na estatística!

3- E daí, crude? Políticos são corruptos, acabemos com os governos! Brasileiros são corruptos, acabemos com o Brasil!
Cara, até posso me manter quieto com alguns pontos de vista em "extinguir religiões por falta de objetivos práticos da mesma", como o do Eltor, mas "vamos extinguir por causa da corrupção dos seus fiéis" é tão absurdo quanto fazer um Dilúvio porque a humanidade está corrompida.

4- ... Onde eu critiquei a ciência?

5- Reducionista. A religião oprime quando se envolve diretamente com a política, e não quando cresce.

6- E daí? Dentro do escopo apresentado, a comparação é válida. Tanto ciência quanto religião, em algum grau, se baseiam em modelos axiomáticos que não podem ser comprovados.
O Teorema de Gödel está aí para demonstrar isso.
Ninguém está falando em qual está mais pautada em provas empíricas, ou qual é mais válida. Estou falando da base lógica de ambas, que foi o que você criticou.

7- Porque você teria o empirismo ao seu lado. Mas, se você não tivesse o auxílio dos experimentos, com os axiomas certos, você também poderia refazer qualquer religião (exceto, novamente, aquelas poucas concisas).

8- As religiões também surgem de algum lugar. Os raciocínios, as cisões, tudo isso surge de alguém, que um dia, contestou algum princípio ou axioma de outra religião.
Cristianismo surgiu como uma reforma do judaísmo, que por sua vez surgiu como forma de unificar o povo hebreu. Budismo surgiu como um protesto contra o Bramanismo.
Na verdade, assim como a ciência, a religião possui estudos internos, que buscam explicar, logicamente, seus princípios. Para isso existe a teologia.
Notem que não estou defendendo a teologia como forma de conhecimento prático, apenas como conhecimento que possui coesão interna (que é o que está sendo tratado, afinal, a lógica dentro da religião).

9- "Religiosos são incapazes de pensar logicamente" é sua generalização apressada e ingênua.
Finalizando, eu não estou defendendo a veracidade de religião alguma! Estou apenas contestando a ideia (aparentemente comum) de que "todas as religiões são ilógicas". Pessoal, coerência é diferente de veracidade. Não é todo mundo que acha que a Navalha de Occam é um axioma válido.


1- Sim, poderia. Daí eu estaria na sua posição, apontando o exagero e explicando o que RPG é e não é. Reconheci o exagero, não me trate como se eu não soubesse a diferença entre generalizar e explicar.

2- Nem citei estatísticas, mas se quiser procure por EX-TJs e mulheres que fugiram de seus maridos que assim que pisaram em terreno controlado por muçulmanos se esqueceram de que elas tem direitos humanos. Não é pelo exagero, é pela existência desse fato. não aconteceu comigo mas eu simpatizo com o sofrimento deles. Convença-me que a religião não foi a causa disso, e sim os religiosos.

3- Nós escolhemos os políticos, podemos trocá-los por outros. Não podemos trocar os papas, padres, pastores nem os médiuns. Você está atacando com uma generalização pior que a minha, eu não faria isso nem trollando.


4- Você insinuou que a ciência pode ser comparada logicamente por conta de ser uma criação humana, ué. Faz mal demonstrar a diferença?

5- Seis por meia dúzia. Você continua sendo oprimido socialmente mesmo se sua religião pacífica não age politicamente. Demonstre, dê exemplos, não me lance rótulos, ataque o argumento.

6- Você precisa se decidir se eu devo considerar que são duas coisas iguais por terem as mesmas bases ou ignorar a lógica se todo axioma pode ser provado falso. Essa faceta da discussão é improdutiva pra caramba.

7- Eu não vou ficar sofismando com você, isso é chato demais. A ciência funciona direitinho, e admite correções, a religião não. Se vamos filosofar a respeito das origens da ciência e da religião, bem como as similaridades, vai ser retórica até o ano que vem.

8- Esse é um bom ponto: Religiões se dizem de origem divina. Logo, mentem descaradamente. Toda lógica humana aplicada a religião é dispensável ao culto, naturalmente. Embora possa ser estudada pelos olhos da lógica, para ser religioso basta ter fé, nem mesmo ler ou aprender a orar.

9- Obrigado por discordar de minha generalização. Vamos refazê-la. "Religiosos são dispensados de pensar logicamente, alguns são incapazes, outros buscam lógica nela". Que tal?

Iuri escreveu:1- Vou corrigir novamente essa ultima frase para ti: "PODEM ser injetadas pelos seus representantes." Podem != Precisam. E mesmo quando elas "são injetadas nas cabeças dos crentes pelos representantes"... quem injeta na cabeça do representante?

2- E há algum problema nisso? (amigos imaginários)
O tal conceito simples do Mc Cracken foi melhor explicado ou foi simplesmente uma frase prepotente e arrogante jogada ao ar com o intuito de parecer mais intelectual? Se foi fundamentada, poderia me explicar?
Porque a presença de amigos imaginários na idade adulta seria maléfico? Se nas crianças ela pode ser benéfica, porque não seriam para quem já trabalha para ganhar seu próprio sustento?


1- Todas as religiões dizem ter origem divina. Como o amigo imaginário e/ou seus ditos não aparecem sem pessoas que crêem nele para espalhá-lo, os religiosos mentem. É tudo imaginação.

2- Porque o amigo imaginário de uma criança é um protótipo para que ela aprenda a conviver socialmente, e será substituído por interação social com amigos de verdade e o desenvolvimento de uma consciência adulta e independente.

Se você é um adulto e tem necessidade de um amigo imaginário para se auto-afirmar perante a sociedade, seu desenvolvimento deve ter sido prejudicado.

Parte do seu ego que você é e pensa, tem certeza que não vem de você, e sim de algo maior, uma ilusão de grandeza na qual você deposita esperanças, certezas, sonhos e razões pra viver, ao invés de si mesmo.

Se isso é bom num adulto? Eu suspeito que não. Tenho quase certeza.

Avatar do usuário
darklan
Mensagens: 78

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#934 » 11 Mar 2011, 14:04

Já que o VA citou a falta de comprovação em algumas teorias, vamos deixar as ciências humanas fora disso também não é? Por mais que alguém estude e comprove sua teoria em geografia, nem sempre ele vai estar certo, porque quem disse que a forma que ele estudou aquele espaço estava correta, quem disse que as informações recebidas foram verdadeiras? O mesmo para a sociologia, a antropologia, tantas outras. E ainda pior para a psicologia, que usa um método de obrservação que dificilmente vai chegar a fonte real do problema, ou você acha que é possível entender uma doença mental somente falando "Ahh, é isso, podemos ver pela ligação de tal parte com tal parte do cérebro mal formada(hiper desenvolvida)!!" ??

E só pra te esclarecer alguma coisa de amigo imaginário, crude, leia Carl Gustav Jung, e você pode entender uma das teorias sobre existência deles nas pessoas, e se for muito pra você ler toda a obra, procure algum noções básicas (tem vários por aí), e tente entender.

Ps: só querendo colocar mais um lado na discussão. :jester:

Editado: errinho no nome do Jung, e pra concordar com o Eltor, nada pior do que um sofista, diriam na Grécia antiga. :mrgreen:

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#935 » 11 Mar 2011, 14:20

Iuri escreveu:1- Errado. Algumas dizem ter (como as escrituras biblicas inspiradas por Deus), mas não todas, como você diz. Confucionismo, budismo e taoísmo, por exemplo. Aonde elas dizem ser de inspiração divina?

Um ponto importante é que você se baseia no fato das "inspirações divinas" não acontecerem. Como você pode provar isso? Isso sai um pouco do escopo da minha pergunta inicial (já que religião ser maléfica para seres humanos não está correlacionado com a veracidade de suas ideias -talvez Deus exista, seja um bobão, e todos vivessemos melhor ignorando-o-), mas já que você insiste nesse ponto é porque deve ter alguma prova. Se não tem, é porque está usando a mesma metodologia dos radicais religiosos ao atacar outras pessoas: considera que sua fé é a certa e a do outro é errada (a sua fé é que não existe o divino, muito menos revelações divinas)

2- Quer dizer que quando a pessoa paga por isso (indo a um psicólogo) ela está agindo como um adulto, mas quando obtem de fontes gratuitas ela é uma criança?

Você é um (suposto) jogador de RPG que não quer que os outros tenham o direito de fantasiar. Contraditório? Ou você também se considera infantil?


1- Me faça o favor de não classificar meu raciocínio como fé. Provar que não existem corvos vermelhos ou deuses é tolice; Eu não busco isso.

O que busquei foram as origens divinas e superiores das religiões, e só achei humanos e mais humanos unidos por motivos mundanos, não que sejam de pouca importância ou necessidade, mas a longo prazo apenas construções humanas. Movidos por epifanias, drogas, pedradas na cabeça... Todos resultados de alterações na mente humana.

É um espantalho comum crentes apontarem por exemplo Darwin e Dawkins como "santos" dos ateus, por exemplo. É o modo deles de ver, fazer o quê?

O Tao, o budismo e o Confucionismo são fontes de inspiração "superior". Valem como símbolo de divindade, poder maior, sabedoria maior para seus cultistas. Se quiser catar piolhos nas minhas definições fique à vontade, já que até mesmo a Cientologia criada pelo L. Ron Hubbard, a Igreja Adventista de Ellen White e o Mormonismo são religiões e seus criadores não não eram deuses, mas representantes do divino, sagrado, supersapiente aos olhos de seus crentes.

A diferença? Você pode apontar os erros no "Da Origem das Espécies" e não ser execrado ou calado pelos evolucionistas fanáticos por ter blasfemado os seus escritos sagrados. Pode apontar as falácias no discurso anti-religião do Dawkins e não ser esfolado, queimado e empalado em praça pública por ateus militantes fervorosos.

2- Psicólogos e terapeutas cobram caro pra tratar pessoas dessas coisas. São problemas sérios.

Eu não tenho problemas em manter meu imaginário sob controle, as vozes na minha cabeça são todas minhas.

Considerar outros infantis por terem um imaginário criativo e mesmo infantil em seu particular? Não. É uma função da consciência, muito útil e prazerosa.

Considerar infantis por depositarem esperanças em um amigo imaginário em que muitos crêem ao invés de agir e decidir por si sós? Sim.

"Duas mãos trabalhando fazem mais que mil rezando".

Ah, Darklan, um colega meu está terminando Psicologia na UERJ, vivo discutindo essas coisas com ele. Não sou tão imbecil quanto pareço trollando, também sei pesquisar. ^_^

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#936 » 11 Mar 2011, 15:03

Iuri escreveu:1- Para quem tem fé, nenhuma prova é necessária :haha:

2- Acabei de dizer que nem todas religiões dizem ter origens divinas e superiores.

3- Considerar alguem mais sábio que eu equivale a considerá-lo uma divindade? Nem taoísmo nem confucionismo surgiram com intuito de serem religiões, apenas filosofias (e creio que o confucionismo realmente continue sendo apenas isso...). Quanto ao budismo, mesmo que alguns vejam os ensinamentos do Sidharta como ensinamentos de alguém superior espiritualmente, ninguém o considera um deus. E nunca ouvi Sidharta falando que suas ideias eram inspiradas por um ser superior.

4- Pra mim bater em quem eu não gosto é muito mais infantil do que dizer "Não brigo porque meu amigo imaginario acha errado". E é muito bom ter algo sobre o qual você possa depositar esperança, mesmo que seja um amigo imaginário (se você ja teve algum amigo com depressão deve saber do que estou falando). "Depositar esperanças em si mesmo" é o certo?


1- E isso é engraçado? É pra rir?

2, 3- Você está tentando argumentar que religião != filosofia e vice-versa. Respeito isso. Mas os seguidores de filosofias de sapiência "indiscutível" não diferem muito dos que seguem ensinamentos religiosos para seu dia-a-dia, a própria palavra "cumprem religiosamente" um sinônimo de fidelidade.

Não é um jogo de palavras que estou mostrando, é o conceito simples de "siga o líder", só que com religiões e filosofias milenares vem sempre o "não questione o líder, ele sabe mais que você e sempre saberá".

Entretanto, não temos problemas com filosofias discordantes hoje em dia, embora tenhamos registros de rusgas violentas entre correntes de pensamento discordantes.

4- Tornar-se dependente de um amigo imaginário como solução para sua depressão ou falta de decisão é como consertar um furo de pneu com chiclete.

Depositar esperanças em si mesmo é o certo, Iuri. E agir. Dispor de seus amigos e família, pois somos mamíferos. :laugh:

Se o problema chega ao ponto em que só tomando remédios resolve ou alivia, você nota como a coisa é completamente mundana, sobrando pouco para o espiritual, divino ou superior agir.

É chato, um pouco frustrante ser materialista, mas os demônios que assombram muita gente vão embora com remédios tarja preta...

Eu deixo minha imaginação livre no RPG e no contar histórias.

Já tive muita depressão, vontade de jogar tudo dessa vida moderna e cosmopolita pro alto, mandar todo mundo à merda e sair vagando sem rumo em busca de um sentido pra vida.

Mas desencanei e faço isso escrevendo. É mais divertido.

Avatar do usuário
darklan
Mensagens: 78

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#937 » 11 Mar 2011, 23:27

Não Crude, agora você parrece ainda mais ignorante, porque ignora a sua própria inteligência, obrigado por confirmar. :parede:

Eu não tenho problemas em manter meu imaginário sob controle, as vozes na minha cabeça são todas minhas.


Adultissimo isso. :linguinha:

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#938 » 12 Mar 2011, 02:30

A fonte do meu PC queimou, ia responder mais cedo mais perdi três horas consertando a miserável. Vamos lá...

_Virtual_Adept_ escreveu:yadda yadda yadda ateu clichê yadda religiões são diferentes de políticas yadda você generalizou tudo yadda


Você vai perseguir a minha generalização até quando? Eu já disse que foi pra dramatizar, vamos pôr uma pedra em cima e passar adiante, ok? Estou vendo que seu problema com as religiões abraâmicas e meus argumentos se resumem a apontar com eu fui crasso em generalizar todas as religiões por conta delas, como se o tanto que falei delas não se aplicasse mais porque generalizei e pronto...

Deixa eu bater esse prego bem firme na madeira de uma vez, antes que você volte a insistir que estive errado em generalizar e vai passar o resto do ano apontando vários erros relacionados a religiões e filosofias religiosas repetidamente como se eu precisasse de algum documento com firma reconhecida em três vias pra você admitir que eu já afirmei ter feito isso bruscamente.

As religiões abraâmicas se baseiam na revelação divina de que Javé é o criador e ditou pelos séculos a seus representantes terrenos os evangelhos.

Seu dogma principal, a base de sua fé, exige que você admita a existência de Javé por conta de seus evangelhos. Lógica circular mesmo, se os evangelhos existem é porque deus os escreveu e vice-versa. Não há meio-termo nem opções. Ou aceita ou vira herege, com sua própria interpretação dos evangelhos, e por conseguinte do divino.

Mesmo com esse alicerce frágil, a afinidade vai entrando nas tradições familiares até que se torna tolice usar lógica pra entender ou contrapor. É tradição. Siga ou seja um herege, um esquisito, um ignorado... Um excomungado.

Mas vamos manter a coisa simples, tá? Pra fazer direitinho, primeiro com as abraâmicas, passo a passo, assim você pára de dizer que eu estou generalizando e que estou completamente errado em todos os meus argumentos por conta disso.

Depois nós passamos para o resto das religiões, e todos os fatos e pormenores que eu tenho contra elas e sua lógica, uma por uma. Pode ser? Vai saciar tua sede de discussão?

Responder todas as tijoladas que vocês estão mandando está me demandando um bocado de lógica e estou ficando espremido entre escrever calhamaços de argumentos misturados ou ser sucinto e acabar sujeito a catação de piolhos insossa e engraçadinha como se eu fosse algum jurado de programa de calouros.


Iuri escreveu:1- Na verdade pode trocar sim (pelo menos alguns deles). Se a comunidade local reclamar de um certo padre (falando do cristianismo), a paróquia irá mandá-lo para outro lugar, onde talvez sofra maior aceitação. A fama de mediuns depende do boca-a-boca de pessoas que frequentam estes meios, então se as pessoas começarem a ter opiniões negativas em relação a ele sua "carreira" afunda, e logo aparecerá outro para tomar seu lugar naquele nicho.

2- Bom, daí já é uma questão mais pessoal, que se relaciona a tua filosofia sobre a verdade. Eu sou um dos que concordam com mentiras não maléficas que façam alguem se sentir bem.

3- Tu diz que: 1) Deuses não existem, mas não tem prova (note que Fé = acreditar em algo mesmo sem uma fundamentação); 2) Você não quer provar; 3) Você é contra pessoas que tem fé em algo.
Eu pelo menos acho ironia engraçada.

4- Acho que nem eu nem você temos boa formação em psicologia. Se você tiver fontes para sua opinião eu ficaria agradecido, pois não quero tornar isso uma competição de argumentos anedóticos.

5- Me cite algum filósofo sério (e relativamente moderno, de preferencia) cuja obra ele afirme ter sido fonte de inspiração divina? coseguiu pesquisar um aí? Vamos ver se eu acho mais que NÃO dizem ser mensageiros de Deus?
São coisas diferentes sim cara, apesar de conversarem amigavelmente muitas vezes.

6- E se a religião for um substituto para o remédio?
Cara, sugiro que tu reformule teu argumento desde o inicio, porque isso ja ta ficando confuso...


1- Em que parte do "todos escolhem e podem tirar de lá" você acha que a Igreja e o médium acatam a opinião de todos democraticamente, respeitando alguma lei vigente? Tá de brincadeira comigo? Tiram um pedófilo de um lugar e jogam pra outro, coagindo testemunhas! Pô, escolha um alvo melhor pra defender, né?

2- Essa foi o Eltor que mandou, ele que responda.

3- Não sei se você tem intimidade com falseabilidade, mas provar que algo não existe, por mais absurdo que pareça, é basicamente impossível. O que posso fazer pra te mostrar que divindades não agem do jeito que as religiões dizem que agem foi dizer que não achei traços da perfeição e precisão arrogada em seus escritos. Estou falando das abraâmicas, por enquanto, pra vocês pararem de repetir que é errado e falho generalizar pela enésima vez.

4- Se foi você que começou a questionar, bem que poderia admitir que queria ouvir opiniões. Não somos profissionais, e só posso dizer do que vivi e presenciei, como você, ué. Ficar agora posando de "lol eu não queria evidência anedótica sabendo que estou conversando com um leigo" é pedante pra caralho, desculpe o palavrão.

5- Quer misturar alhos com bugalhos? Fingir que não entendeu o que eu disse quando especifiquei que divindade, poder superior e sapiência superior se equivalem nos imaginários de seus crentes, não necessariamente que um sábio recebe sua filosofia de uma divindade (ou qualquer combinação destes). Ou vai dizer pela enésima + 1 vez que eu generalizei tudo e estou enganado? Eu achei que estava lendo o que eu escrevo. Posso ter até me confundido, mas retifiquei e estou ainda ordenando informações conforme a demanda.

6- "Se"!? Sabe o exorcismo de Emily Rose? Sabe quantos casos de epilepsia eram e ainda são tratados como "possessão demoníaca"?
Eu estou confuso é com essa sua saraivada de balas em favor da religião inerentemente nociva, ao invés de ressaltar os pontos bons, como um bom defensor poderia optar para me neutralizar, equivalendo o que há de bom em ser religioso e as realizações de religiosos pela história com a falta destas.

darklan escreveu:Não Crude, agora você parrece ainda mais ignorante, porque ignora a sua própria inteligência, obrigado por confirmar. :parede:

Eu não tenho problemas em manter meu imaginário sob controle, as vozes na minha cabeça são todas minhas.


Adultissimo isso. :linguinha:


Claro, se eu dissesse que Jesus me disse pra eu orar por você hoje iria ser mais maduro e sábio, né?

Tou vendo sua maturidade, bonzão. :linguinha:

Avatar do usuário
Armitage
Mensagens: 1056

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#939 » 12 Mar 2011, 02:48

Eltor Macnol escreveu:Iuri, com certeza a religiosidade individual, sem seguir instituições, é menos nociva que a alternativa.

Mas ainda assim tem pontos negativos. O maior, na minha opinião, é acreditar em algo que não é verdade. Há quem defenda que uma mentira que faça a pessoa feliz é melhor que uma verdade menos agradável, mas eu não aprovo esse caminho.


Concordo Eltor, mas não é só isso.

O problema é que se você seguir o canon das religiões religiões abraâmicas ao péda letra, vai sair por aí apedrejando mulheres até a morte, exilando filhos desobedientes a torto e a direito, dando criancinhas para os ursos estraçalharem ao menor sinal de zombaria contra a religião, declarando guerra contra individuos ou grupos de crenças diferentes, inferiorizando homossexuais, inferiorizando seguidores de outras crenças, sacrificando animais em rituais expiatórios, etc, etc, etc.

Ou seja, não é só uma questão de se iludir - é uma questão de seguir ensinamentos que não condizem com os valores humanistas da sociedade contemporânea e, além disso, seguir valores monolíticos/excludentes entre si, ou seja, que não admitem coexistência com outras crenças e formas de pensar. (pense no motto "só pode haver 1" dos highlanders ).
A "boa arte" nada mais é do que a "modinha da vez", ditada pelos atuais diretores do clube da luluzinha da vez. Troca-se os diretores (ou o clube da luluzinha), e troca-se a definição de "boa arte".

Barlin
Mensagens: 731
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#940 » 12 Mar 2011, 12:11

Existe diferenças entre uma pessoa fanática e uma que simplesmente segue uma religião, Eltor. Por mais que a idéia da errata tenha sido muito engraçada. huiaeuhiaheuiuhae

Assim como um padre pode falar para você rezar 39786 rezas diferentes para ser perdoado por pensamentos impuros, outro padre, da mesma religião, pode simplesmente falar que pensar não tem problema, já que o problema seria colocar o pensamento em prática.

O problema da religião é que cada pessoa interpreta de uma maneira diferente. Alguns levam como metáforas, outros levam ao pé da letra.

Quanto a ser agnóstico: não vejo o porque não crer em algo "superior". Afinal de contas, algo deu início ao universo e a vida como um todo. Não necessariamente essa "coisa" fica entre nós e influencia em nossas vidas, mas vejo como uma boa alternativa acreditar que essa coisa existiu/existe para não perder tempo com questões relacionadas a nossa origem e fim.

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#941 » 12 Mar 2011, 13:45

Eltor Macnol escreveu:Boa sorte tentando convencer os fiéis que discordam dessas interpretações "óbvias", VA!

Desculpa, mas acho que tu está se iludindo de forma pesada aí.


[2]

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#942 » 13 Mar 2011, 03:26

_Virtual_Adept_ escreveu:
Eltor Macnol escreveu:Boa sorte tentando convencer os fiéis que discordam dessas interpretações "óbvias", VA!

Desculpa, mas acho que tu está se iludindo de forma pesada aí.


Quer outra analogia, Eltor? Cientistas não acreditam numa porção de coisas erradas? Por que fiéis também não?

Você experimentou ler o Sermão da Montanha, como sugeri? Fica melhor ainda quando você lê Êxodo, Levíticos e Números e compara.

Vai lá e lê. Se você continuar com o mesmo pensamento (provavelmente vai, mas vale a pena tentar), eu desisto dessa argumentação, e você estará certo. O Cristianismo canon prega intolerância e apedrejamento.


Cortesia da Contradições da Bíblia:
http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?c ... 7553728719

"Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas; não vim destruir, mas cumprir.Mateus 5:17).

Mas, logo após, nesse mesmo capítulo, ele diz algo que completamente o oposto dessa mesma lei dos profetas, que ele dizia cumprir:

"38 Ouvistes que foi dito: Olho por olho, e dente por dente. {Êxodo 21:24; Levítico 24:20; Deuteronômio 19:21}
39 Eu, porém, vos digo que não resistais ao homem mau; mas a qualquer que te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;
40 e ao que quiser pleitear contigo, e tirar-te a túnica, larga-lhe também a capa;
41 e, se qualquer te obrigar a caminhar mil passos, vai com ele dois mil." (Mateus 5:38-41)


Tem um arsenal cheio destas lá, rapaz. Quer continuar defendendo essa bíblia? Fique à vontade.

Quando a ciência erra, podemos corrigi-la. Quando a religião erra, demora uns 500 anos pra fazer uma carta reconhecendo que o sol não gira em torno da terra, por exemplo. Estou falando do cristianismo, tá? Religião abraâmica, yaddayaddayadda. ^_^

Avatar do usuário
darklan
Mensagens: 78

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#943 » 13 Mar 2011, 13:05

Não Eltor, ele só quis dizer que até mesmo na sua tão aclamada e correta ciência (que nunca soube que era assim tão perfeita) também tem divergências sobre algum ponto de vista, ou talvez seja só nas humanas, que os de exatas nem consideram ciência né?
MAs o engraçado é que a mesma ciência também funciona na base de interesse, ou vocês nunca ouviram falar das divergências ao aquecimento global? São mais corretas e bem pesquisadas do que as que afirmam que ele existe, mas nem por isso saem na mídia, porque o que dá dinheiro agora é falar que ele existe e ser eco. Então qual o problema de outras pessoas entenderem a religião de outra forma? Isso não quer dizer que eles estejam certo, ou os outros, afinal só tem um jeito de saber isso, e não quero morrer tão cedo... :jester:

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#944 » 13 Mar 2011, 13:36

darklan escreveu:Não Eltor, ele só quis dizer que até mesmo na sua tão aclamada e correta ciência (que nunca soube que era assim tão perfeita) também tem divergências sobre algum ponto de vista, ou talvez seja só nas humanas, que os de exatas nem consideram ciência né?
MAs o engraçado é que a mesma ciência também funciona na base de interesse, ou vocês nunca ouviram falar das divergências ao aquecimento global? São mais corretas e bem pesquisadas do que as que afirmam que ele existe, mas nem por isso saem na mídia, porque o que dá dinheiro agora é falar que ele existe e ser eco. Então qual o problema de outras pessoas entenderem a religião de outra forma? Isso não quer dizer que eles estejam certo, ou os outros, afinal só tem um jeito de saber isso, e não quero morrer tão cedo... :jester:


Filho, o ponto não é "ambas possuem divergências e são humanas e falhas". Pra mim, é "religião se diz mais esperta que todo mundo e acima de qualquer suspeita sem a menor razão".

Podemos suspeitar de cientistas e duvidar de seu trabalho, inclusive é uma das prerrogativas da ciência ser controlada por ética e moral externas, já que não podemos por exemplo matar pessoas pra testar remédios.

A mídia faz o que quer, inclusive manchetes só pra você ler três parágrafos com informações inconclusivas, que é onde a ciência se refina. Revisão por pares, etc.

Quando a pessoa leiga descobre que pesquisas "idiotas" e experimentos "babacas e desnecessários" são corriqueiros pra descobrir coisas "inúteis" e são documentados para se galgar outras coisas, se frustra.

Quase sempre não temos certeza absoluta de porra nenhuma com teorias que atestam isso, sendo confimadas aos poucos com dados e experimentos muitas vezes separados por vários anos, como no caso da relatividade do Einstein, que previa o desvio para o vermelho que só foi confirmado anos após ser postulada e ainda assim temos celulares, GPS, remédios, tratamento genético e bombas atômicas.

Religião? Caga regra e moral pra todos os lados e não admite nada fora dela desde a idade da pedra, calando a boca de quem age contra quando pode. Isso eu posso generalizar sem medo de ser feliz.

Desinformação não é brincadeira não. :tsc:

crudebuster
Mensagens: 490
Contato:

Re: Religião - Tópico permanente.

Mensagem#945 » 13 Mar 2011, 14:12

_Virtual_Adept_ escreveu:
Você ainda insiste que você, e não os milhões de estudiosos de (risos) hermenêutica que vieram nos últimos ~1800 anos, tem a resposta correta sobre qual é o verdadeiro cristianismo, e a gente devia se focar em falar sobre essa tua visão e não as interpretações que dominam o resto do mundo?


E quais as interpretações que dominam o resto do mundo? Quantos exemplos de igreja cristãs respeitáveis (e quando falo em respeitáveis, são aquelas que não assumem características de culto, como isolamento social ou controle de informação) você pode enumerar que realmente pregam o que o Silva disse que pregam?

Filho, o ponto não é "ambas possuem divergências e são humanas e falhas". Pra mim, é "religião se diz mais esperta que todo mundo e acima de qualquer suspeita sem a menor razão".


Engraçado, porque isso passou longe do que eu disse.

Religião? Caga regra e moral pra todos os lados e não admite nada fora dela desde a idade da pedra, calando a boca de quem age contra quando pode. Isso eu posso generalizar sem medo de ser feliz.


Vocês mesmos estão dizendo que religião X prega coisa tal, quando não prega, e dizem que os fiéis acreditam nisso, sim (apesar de eu não ver igrejas respeitáveis pregar intolerância ou apedrejamento). Então essa noção de que a religião acredita em dogmas absolutos é meio contraditório com os argumentos usados, não?


Ah, agora o senhor só quer falar das Igrejas respeitáveis, né? Pula, ignora citações da bíblia, finge que não leu e manda os outros lerem o sermão da montanha pra verem o "real" intento do cristianismo...

Tá se demonstrando um bagre ensaboado mesmo, mas eu ainda tenho bastante latim pra gastar.

O que o senhor parece não notar é que cristianismo é isso aí: Os caras sumariamente ignoram um porrilhão de contradições, erros, escolhem o que seguir ou não, o que é metáfora ou não... Enquanto a palavra divina em suma é uma só, apesar do cânone da bíblia ter sido editado várias vezes, em vários concílios... Que o crente mediano simplesmente não faz idéia do que foram. Acham sinceramente que a bíblia caiu do céu pronta.

Com Islamismo é a mesmíssima coisa, sendo Maomé o profeta e os mulás, imãs e afins os "entendedores oficiais", e o judaísmo ainda adiciona a tradição oral e familiar, o que torna o entendimento do Talmud mais complicado ainda.

E lembre que judeus não concordam com jesus ter sido o Mashiach já que não cumpriu as profecias judaicas ao pé da letra, enquanto cristãos estão esperando ele voltar, como você deve saber.

Mas vamos continuar no cristianismo, pra você ver em que mato sem cachorro se meteu.

Voltar para “Arquivo Morto”

Quem está online

Usuários neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante